Star wars vs Dc Marvel

 Imaginem o confronto épico, com a estrela da morte rumando para um mundo povoado de heróis, um mundo protegido por liga da justiça e vingadores... imaginem a porradaria que iria sair:



Contos macabros de Abu Fobiya

 Eu tenho um certo vício por nerdcast, tenho que admitir. Os dois gorduchos de Curitiba são demais, e seus trabalhos, variados. Um deles, "Branca dos mortos e os sete Zumbis - e outros contos macabros", escrito por Abu Fobiya, livro que ainda não li,mas que teve meu interesse capturado.

 No nerdcast 321 : o universo inominável de H.P. Lovercraft, dois trechos do livro foram lidos por Guilherme Briggs. O que dizer dos contos? Geniais, confiram:

 O fim de quase todas as coisas:




O monstro:





 O que acharam? Briggs tem uma voz marcante, não é mesmo? E vocês imaginavam que se tratava do que se tratava? Kkkkkkkkkkkkkkkkk até a próxima!

Tokyo Ghoul Op 1

 Belíssima abertura do anime Tokyo Ghoul, cuja segunda temporada ainda não assisti. No anime, Ghouls vivem as sombras da sociedade, consumindo carne humana para saciar sua fome voraz, ao passo que são caçados por uma organização governamental, que tem como objetivo, exterminar esses monstros.

 Mas toda história tem dois lados, as vezes, os monstros podem não ser tão culpados assim...


Shield Wall!!!!!!

 Não reclamem meus caros fãs, sou uma pessoa ocupada, e ando ocupado demais para devanear na frente do teclado. Estive todo este tempo saqueando o reino de Wessex, ao lado de Ragnar, Rollo e Floki.

 É claro que estou falando da série Vikings, meus amigos!


 Série majestosa, produzida pelo History, que é viceral em sua batalhas, e envolvente em seu personagens!
 Ragnar (não o fundador deste blog) é um fazendeiro, e é claro, um saqueador e guerreiro nato (afinal, ele é um viking!), que tem por ambição, ou sonho eu diria, explorar o mundo, conhecer novas culturas... e movido por esse desejo, mesmo contra as ordens de seu conde, seu chefe, seu gerente... ele ruma um barco para o oeste, e acaba chegando na Inglaterra!
 Ai senhores, é Shield Wall!!!!!




 As batalhas dessa série são um espetáculo a parte. Ninguém sai limpo de uma batalha, ninguém sai ileso de uma fodendo parede de escudos meus amigos, e é isso que temos na série, o realismo sangrento das batalhas. Ragnar sai sempre banhado de sangue, e com um sorriso psicótico!

 Não sei se a série é historicamente correta, e francamente, caguei pra isso! O que eu sei é que me apeguei aos personagens de uma maneira, muitos foram os momentos em que vibrei com a tensão e as situações. Eu simplesmente me apaixonei pela família do Ragnar, por todos eles, um tipo de apego a personagens que a tempos eu não tinha (acho que depois de um certo casamento vermelho, ficou difícil me apegar a personagens outra vez...)

O tema de abertura também é show:




Ragnar é um visionário. Sempre um passo a frente de seu tempo, seus olhos brilham com o desejo de explorar, de conhecer. Ele tem uma curiosidade sobre o cristianismo, ele busca terras mais férteis de se cultivar, e ninguém é tão feroz e mortal em batalha quanto ele.

 E se tem algum personagem que se destaca, esse alguém chama-se Floki. Imprevisível, maluco, feroz. Que personagem genial e fantástico.

 O que está esperando? Corra, assista, sei da existência de 2 temporadas, e não sei quando sai a terceira, então pegue seu escudo e SHIELD WALL!!!!!!!!!!!!!

Se o post foi ruim, me dê um desconto, estou enferrujado e com sono...

Coisas que acontecem em um churrasco

   Yo!!!Blog anda abandonado, cheio de teias de aranha... cadê o Jyuuken cobrador de posts agora?

 Enfim, assistam o video:

 
←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações

Link-me

CronicaEx
Connection -

Parceiros

Popular Posts