Melhores de 2015

 Eu realmente fiquei por fora dos animes e mangás esse ano. Fui tentar responder a enquete do Ishida, lá do Mangá Mania, e me vi completamente perdido quanto o que saiu esse ano... Mas e pra você? Qual foi o melhor mangá de 2015? E o melhor anti-herói?
 Acesse: awardsmania, e vote nos melhores de 2015!






















 Os que votarem irão concorrer um incrível exemplar autografado de Eternal (o que será isso hein?), quando o mesmo for lançado...

Cólera poética

 É incrível a quantidade de comida que fui capaz de comer nesses últimos dias... principalmente carne... fiz valer meu papel de topo da cadeia alimentar.O mais legal é que o natal é só o primeiro round. Ano novo vem ai, e minha meta de comilança foi dobrada.



É tão difícil abrir os olhos
Para enxergar a destruição.
Dói tanto na alma
Constatar que tudo parece um lixão.


  A Aline, do Sentimentos Estranhos, reuniu todos os seus pensamentos sobre a sociedade, o mundo a nossa volta e toda a sua podridão, em um ebook. Cólera Poética é uma coletânea de ideias, algumas já até haviam aparecido pelo blog dela, uma visão critica e até mesmo agressiva, sobre o teatro fútil que nossa vida se tornou.



Começa por uma ideia de sair de casa e então dá uma tempestade. 
E destrói casas, fere pessoas e famílias perdem tudo que tem.
Você assiste de camarote a tragédia e vê que em outros lugares
Também chove desgraça sem parar.

No congresso há um monte de merda tentando pisar um no outro
Eles têm nojo dos colegas, dos pobres, do bom caráter
Inventam historinhas pros' não estudados, iludem os retardados
Algo útil nunca sai de lá. 

A música muda e a pauta no noticiário também é outra agora
Continuando sobre sociologia inútil, lá fora os tontos se matam
Em prol de dinheiro, poder e ereções diárias 
Em prol de religião, organização e ações não - erradas.

  Quem me conhece sabe o quão pessimista eu sou. e não pude deixar de me identificar com muitas das críticas presentes nas páginas, enquanto que algumas eram diretamente contra mim. Não sou apreciador de poesia e poemas (tanto que nem sei a diferença de um pra outro), mas gostei bastante dos pensamentos da nossa amiga poetisa. Mas se um texto te faz refletir, ele não é bom? Não vale sua atenção?

 Aprecie esse grito na escuridão, que almeja ecoar na eternidade!

A pirate's life for me

 To travando uma grande batalha aqui no meu pc... preciso instalar um solidworks 2014 "alternativo" pra terminar o trabalho de conclusão de curso, que precisa ser entregue segunda... Na verdade tudo começou com o Solid 2013 instalado, e ele infelizmente era incompatível com o projeto... dai o 2014 precisava do service pack 1 instalado (eu ainda uso o 7), e esse service pack, por sua vez, queria instalar umas 50 atualizações primeiro... pra ainda dar erro 0x80073701, algo que exige que eu instale
um programa de preparação de atualização... mas este programa também deu erro, e então precisei executar um procedimento pelo cmd... atualmente eu estou tentando o programa novamente, que já está no 0% faz uns vinte minutos...
 Ou seja, o crime não compensa!

 Deixando isso de lado, o hype Star Wars está por todos os lados. Eu ainda não consegui ir ver, mas estou ansioso. É tão bom ver esse clima, essa febre, Star Wars é uma franquia que tinha que retornar. Algo tão mitológico não devia estar adormecido, com a ultima lembrança sendo uma trilogia não tão

boa... O Kaito, que é novin, tá fazendo maratona, e vá assistir os seis filmes antes de irmos ver o sétimo.

 Opa, o programa instalou... bora tentar atualizar de novo!

 Mas o quão incrível será o ano que vem para os nerds? Eu já to vendo que irei a falência com tanta coisa boa que irá sair. Eu não sou de comprar jogos logo no lançamento, (só fui comprar o maravilhoso The Witcher 3 na black friday) mas existem aqueles que eu terei que comprar, TEREI! Imaginem Horizon Zero Dawn, o quão maravilhoso vai ser? E Uncharted? Dark Souls 3? NO MAN SKY??? Meo Deos, são tantos jogos prometendo vir para marcar...
 E o cinema, que ontem vi tantos trailers que fiquei até estupefato... eu estive muito submerso em meu curso e trabalho escravo, que quase não ouvi falar sobre alguns filmes, como Independence Day 2, Deuses do Egito (com Jaime fucking Lannister), Tartarugas Ninjas 2 (que eu ainda não vi o 1, mas
o Rafic viu e falou que é bom), temos os que todo mundo já sabe, envolvendo Capitão América, Homem de ferro, Batman, Superman, e por ai vai...




 A instalação falhou... o que eu faço agora...

 Agora, nos animes, eu estou por fora... esse ano eu me animei muito com Soul of Gold e Dragon Ball
Super, mas sinceramente, ambos me decepcionaram... comecei a ver One Punch Man ontem, mas ainda é cedo pra dizer algo...
 Enquanto que com mangás, vários números meus atrasaram, tem saído muita coisa boa aqui pela Jbc e Panin, muita coisa que eu quero comprar... mas parem as máquinas! A Panini anunciou na Ccxp que vai republicar Vagabond, do primeiro volume! E isso eu quero, quero muito!

 Uma reiniciada de pc... espero que agora vá!

 Tem ainda as séries... eu quero muito a segunda temporada de Demolidor, taqueparil vai ser épica! Got também vai ser estrondosa, e será que veremos uma continuação de Serlock? A tanto pra se assistir, mas  a que eu mais espero é Vikings. Ragnar e seus seguidores ganharam um espaço em meu coração que será eternamente nórdico...

 Esse foi um ano difícil pra todo mundo, aposto. Quase não tive tempo para me dedicar ao bom e
velho Cronicaex, mas se teve algo que cresceu esse ano foi meu amor por este blog. Meu modo de ver e escrever também mudaram (pelo menos eu acho), e quanto menos tempo eu tinha, mais ideias surgiam... quero escrever livros, contos, gravar podcast, abrir o KingdoomX... e acredito que, agora que terminei a trindade de cursos que queria fazer, vai sobrar um tempinho para mover essas engrenagens, e colocar todos os meus planos em prática...

 Mas um programinha pra tentar resolver o problema...

 Bom, é isso... escrevi esse post pra me entreter enquanto tento resolver essas paradas aqui sem perder a paciência e espancar meu pc... mas eu ainda não resolvi... a busca continua.. que venha 2016, galera, até logo!


Sentimentos estranhos

  Sério, Jorn é muito phoda, escutem Hands of your God, e sintam o verdadeiro poder do heavy metal... meu sangue vibra, e o mundo estremece ante as notas emitidas pela guitarra, e as palavras estrondosas de Jorn...
 E ao som épico, venho anunciar uma parceria épica. Aline, do blog Sentimentos Estranhos é nossa nova aliada, nessa escalada rumo ao topo, a dominação mundial!





"O que é ser poeta?
O que é ser desajustado de verdade?
Por que sentir tudo a flor da pele?
Não dá pra querer morrer
Eu sou mesmo exótico?
Eu tenho que querer?
Mergulhar no fundo do poço
Me diga, por que não sorrir?
Sem certezas e porquê?
Você me faz rir
Mas eu não devo ver?
As suas razões de ir e vir?
Só perecer sem dormir."


É isso ai pessoal, quero acessos diários ao blog dela. E não se esqueçam de comentar hein?

Capitão América Civil War

   Eae galera, depois de mil anos, a Marvel liberou o 1º trailer da Civil War, confiram:

 

Esse sem duvidas, vai ser um filme sensacional. Jyuuken está em lágrimas aqui...

Podcasts

 Uma das grandes maravilhas dessa internet de meo deos, são os podcasts.Nesse ano que foi tenso para karaleo, foram os podcasts meu ponto de escape, escutar os papos mais malucos e engraçados preso no trânsito, ou enrolado no trabalho foi, de certa forma, terapêutico, eu diria.
 Não faz muito tempo que escuto, mas sinto uma obrigação moral de compartilhar, então irei listar aqui, os podcasts que eu escuto.

 Para começar, o que é podcats? Uma rápida googlada, e temos que "podcast é o nome dado ao arquivo de áudio digital, frequentemente em formato MP3 ou AAC (este último pode conter imagens estáticas e links), publicado através de podcasting na internet e atualizado via RSS. Também pode se referir a série de episódios de algum programa quanto à forma em que este é distribuído."

 Dito isto, bora começar a minha lista.

Mdm - Melhores do Mundo

http://melhoresdomundo.net



 Meu podcast favorito. Comandado por Hell, Change, Ultra e Nerd Reverso, falam muito sobre quadrinho e adaptações para cinema. São completamente malucos, desorganizados, bocas sujas, e muito, mas muito divertidos! Não tem o rabo preso pra falar de nada, e as discussões e escapadas da pauta nunca tem limites.


99 Vidas

http://99vidas.com.br


 Jurandir Filho, Izzy Nobre, Evandro de Freitas e Bruno Carvalho comandam esse papo sobre games, desde os mais clássico aos mais recentes. Muita gente na internet diz que o Jurandir é um mala, mas eu discordo, ele é muito engraçado. Jogos honestíssimos são abordados aqui, e é claro, a eterna guerra dos consoles também é travada pelos membros do cast, nos rendendo pérolas, grandes pérolas...

 Papricast

http://www.papricast.com.br


 Esse veio de indicação do Barbossa. Não tão conhecido (eu acho), Marton Santos, Leonardo Santos e Jaison Mafra falam sobre cinema, as vezes sobre séries e quadrinhos também.Com muitos "Bah", e "tribom", é um ótimo cast, eles são tão empolgados quanto eu pra falar de certos assuntos. E deles vem a Faixa Comentada, uma das melhores coisas que existem, procure e confira.

Braincast

http://www.b9.com.br/podcasts/braincast/


 Os nobres baixareis do podcast, possuem uma grande família de podcast sobre os mais variados temas, a famosa família b9, da qual eu só escuto o pai (ainda não tive tempo de ver os demais), Braincast é sobre publicidade? Não sei bem se dá pra definir o tema desse podcast, só sei que é muito bom ouvir as risadas de Carlos Meirigo, Guga Mafra, Luis Yassuda e Criss Dias... na verdade acho que tem mais membros...

 Inonimata 616

http://www.marvel616.com



 De marvecos para um marveco, o pessoal do Marvel 616, liderados pelo coveiro (sim, eu não lembro o nome dos outros membros) discorrem sobre grandes histórias da marvel, as adaptações, e sem reclamar que os "filmes da marvel tem muitas piadinhas"...

Rapaduracast

http://cinemacomrapadura.com.br/rapaduracast-podcast/


 Mais um podcast de cinema, mais um podcast do Jurandir Filho. Falam sobre velharias, sim, mas comentam pontualmente os grandes blockbusters também. Se empolgando com cada notícia, eles tem grandes discussões muito engraçadas.

 CronoCast

http://cronologico.com.br/podcast/cronocast/

 Um podcast sobre história. Engraçado, irreverente e fascinante, pra quem curte é uma ótima pedida. Já falaram sobre Arthur, piratas, Vikings, guerra fria... enfim, é um prato cheio de conhecimento e bom humor.

 Canal 42

http://canal42.tv


 Olha o Jurandir Filho ai de novo! Dessa vez, o papo é sobre séries. o programa deles geralmente é dividido em dois blocos: um sem spoilers, pra quem não viu as séries abordadas se interessar, e o bloco de spoilers, onde eles analisam cada acontecimento, claro, dizendo muita besteira.

Nerdcast

http://jovemnerd.com.br/categoria/nerdcast/


 E é claro, o podcast do Jovem Nerd e Azaghal, o primeiro que escutei. Hoje em dia quase não acompanho mais, porém, recomendo muito, principalmente os especiais de Rpg.

 Existem muitos outros, sobre os mais variados temas. Eu mesmo, pretendo expandir essa lista. E deixo aqui um jaba pra minha amiga Slice, que anda ensaiando o lançamento do The Cast, não sei quando sai, mas deixo os links para seguirem, fiquem atentos para novidades:

Soundcloud
Twitter


 E é claro, entre todas as novidades que eu venho prometendo, não poderia faltar nosso próprio podcast... quando menos esperarem, o Xcast irá surgir... um podcast para a todos dominar...

 Até a próxima!

Playstation 4 Remote Play para PC

 
  Eae Galera, para quem não sabe,Remote Play é um recurso que permite transmitir os jogos rodando no console diretamente na tela do seu smartphone, e recentemente o desenvolvedor Twisted, criou o aplicativo para PC, que será disponibilizado para download no dia 25 de novembro.
 O aplicativo custara £6,50 que com o câmbio atual deve dar umas 400 dilmas...
 Agora confira uma gameplay no PC de Infamous  First Light:

            

 É isso ai galera,  deixem um comentário...  O que acharam do novo banner?  Jyuuken promete mudanças, então fiquem ligados e até a próxima!

Beast Of No Nation

No seco, se eu colocasse um subtitulo para esse filme seria, você não tem direito de reclamar da sua vida ou sua infância, o subtitulo é meio grande? Sim!, mas acredito que um bom filme te trás sentimentos ao témino, e foi isso o que senti quando vi essa Obra, não sei dizer se é prima, mas o primeiro filme da Netflix acredito que tenha superado as expectativas. Claro que ele não arrecadou Bilhão, mas pelo que li, eles não ligaram muito para isso.

E ai como foi sua infãncia? (estou meio nostalgico ultimamente, mas dessa vez fará sentido, ou não) deixe me adivinhar bolinha de gude, futebol, amarelinha, pega-pega, esconde-esconde, pular corda, balanço,cabo de guerra, metiolate que arde, o que não arde. Garanto que algumas dessas brincadeiras você com certeza deve ter feito, mas imagine essas pequenas coisas que lhe trazem tantas lembranças boas, agora imagine isso sendo tirado de você e no lugar te derem uma arma.




E assim começa as aventuras de Agu, um garoto de uns 13 anos (acho), que vive na Africa do Sul com mamãe,papai e seus irmãos, ele é um garoto alegre, feliz com a vida, que apesar de tudo deve enxergar um futuro , mas em seu querido país a galera está tacando a putaria, ou seja guerra civil, e começa aquele banho de sangue,(pois é um filme de guerra, tem que ter isso) Agu Vive em uma vila que não foi atingida pelo derramamento de sangue, mas chega uma hora que o baguio fica louco e da merda, as tropas do "governo" invadem mata uma galera, mata mais um poucou, mais um pouco, até chegar em Agu e sua família (pai e irmão,a mãe fugiu, spoiler, desculpe), alguns morrem e Agu foge, só que ele acaba sendo capturado pela forças contrárias ao governo, onde conhece o Comandante.

Personagem caricato e interessante, para alguns que o seguem seria um pai, ele simpatiza com Agu e começa a ensinar o garoto, mas os deveres são matar, saquear, emboscar e vários outros.

Realmente eles retiram o garoto do corpo e de certa forma colocam um homem que é capaz de matar sem piedade, vemos como um garoto é transformado em uma máquina de matar, o desfecho disso? só assistindo para saber, mas acredito que quando terminarem de ver terão um pensamento parecido com o meu, ou não.

The new age

 Fala galera, eu sou o novo membro daqui, meu nick será Rpg, e adivinhem o por quê? Estarei trazendo a vocês conteúdos únicos de minha vasta galeria de conhecimentos desse antigo jogo que todos adoramos!
 O que? Não sabe do que estou falando?




 Não prometo datas, mas estarei trazendo muito conteúdo sobre esse fascinante mundo nerd. Então, espero que apreciem meus posts, por hora é isso galera. Ah, o chefe mandou avisar que uma nova era está próxima, um novo Cronicaex está chegando... (eu acho que essa novidade toda é um banner)

9 D Abril

E ae E aee, salve saldosa galerinha, mais uma vez aqui, sei que o Post anterior ficou confuso, se eu irei explicar aqui? Não!
Bom venho aqui humildemente lhes mostrar mais um filme de Guerra que acredito que vocês não tenham visto, e claro sobre o tema que mais gosto WWII. Sou um entusiasta de segunda guerra, então todo assunto relacionado a segunda guerra me interessa, vejo filmes, americanos,russo,poloneses, japoneses e agora um filme dinamarquês. Sim muito louco, não sou cinéfilo, não fico atrás de filmes cults, e tenho ainda grandes obras que não vi (ainda verei, não sei),

Então chega de enrolar e lá vamos nós, o filme nos mostra a Operação Weserübung, na qual a Alemanha Invade Noruega e Dinamarca Instantaneamente, com a desculpinha de protege-las de uma possível invasão da França e Inglaterra (hahahahahahaha,risos).



O filme foca principalmente no subtenente Sand, na qual ele é líder do 2°batalhão de bicicletas, sim isso mesmo BICICLETAS, onde um de seus treinamentos era trocar um pneu em menos de 2 minutos, ok a Dinamarca não é um país continental. mas Man ta de brincadeira? Bikes? contra os Panzers? como você tem coragem de tentar se defender com Bikes?, (Para curiosidade,as bicicletas foram usadas muito bem pelos japoneses contra os ingleses na batalha da Málasia,mas ali fazia sentido)

Mas era o despreparo que ficou em evidência do filme, onde para cada soldado foi dado 40 balas para defender a fronteira, havia algumas metralhadoras, mas contra blindados o que eles tinham não era eficaz. Mas a coragem dos jovens dinamarqueses te ganha durante o filme, jovens ali talvez mais novos que eu, começando seus sonhos, pensando em qual garota da sua vila ou cidade vai começar um namoro, lutando com 40 balas e um fuzil, deixando o medo de lado,lutando, e atirando contra os blindados alemães e defendendo sua casa,família,amigos. A batalha não dura muito tempo, pois a Dinamarca não se preparou para o campo de batalha que se tornaria a Europa, o desfecho não vou citar pois o momento de tensão no final e da batalha faz o filme te ganhar, garanto que serão 90 minutos bem gastos.

Saudosista

 Tirando as teias do teclado e mouse, e voltando a postar, ou retornando use o verbo que achar melhor, na verdade eu que deveria escolher melhor pois eu que estou digitando. Escolher, mais um verbo para ser usado todos os dias, o que você escolhe #PrayForParis ou #PrayForMariana ?
 Não, você não pode escolher os dois, escolha um, defenda seu ponto de vista com bobagens, crie textos enormes sendo feminista,machista, iluminista,fascista,DCnista,Marvenista, Livro>filme nista.
 Realmente essa Tal Interneta, nos surpreende e nos assusta ao mesmo  tempo, quando vejo isso começo a lembrar dos velhos tempo. Onde você podia passar o dia na rua, mas a regra era voltar antes de escurecer, mas as vezes a regra não era cumprida, e a juíza já esperava no portão com o chinelo na mão para cumprir a sentença.
 Onde brigas eram resolvidas a dois, e quem chorar primeiro perde (nunca ganhei), mas no outro dia estávamos ali conversando e brincando junto. Quando era uma alegria acordar as 8:00 e ver os desenhos no SBT, enquanto a mãeeee faz aquele samduba na chapa, sim aquela que  fazia um pão só que esquentava direto no fogão.


E o Futebol, haaa o futebol  se estamos em 2 tem jogo, em  4, em 5 (um fica de próximo, e deve buscar a bola caso a rua for uma descida), 6, 7. As regras todos lembram, 10 minutos 2 gols, empate se tiver mais de dois times esperando pra jogar sai os dois, jogo terminar se o dono for embora com a bola? JAMAIS, ou ele empresta ou sofrerá as consequências, e era resolvido ali na hora. Aquela falta mais dura, que sempre acabava em confusão e todos entravam no meio.
 Queimada onde você só jogava para fazer algo com as meninas, já que perdi o BV com 10 anos, até lá eu namorava com a pessoa sem ela saber e só de se fazer alguma atividade com ela já bastava, mas ai que tá você não era bom na queimada, ela é melhor que você, e acabará sempre sendo o primeiro a ir para o cemitério, que no momento não tem nada demais, até o dia que você vai lá para realmente ver o por que os humanos o criaram. Mas voltando ao jogo, tem aquele que joga a bola um pouco mais forte, acaba acertando o nariz e acaba como? em tretaaaa.
  Mas elas sempre se resolviam no mesmo dia ou no máximo na tarde seguinte, talvez esteja ai meu saudosismo nas coisas que se resolviam com simplicidade, sem complicações, onde você mandava alguém tomar no orifício anal sem se preocupar, na verdade só uma de sua mãe ouvir, essa é minha saudade, sermos simples.
 

Batman ano um

 The Last of Us é um jogo envolvente. Na era passada, fui um caixista, e não pude jogar o exclusivo da Sony (afinal, não sou rico o bastante para ter os dois consoles), e agora que me converti ao sonysmo, me senti na obrigação de jogar este marco para a história dos games. E é tudo muito profundo, as expressões e interações dos personagens, a história, os cenários... ah, como estou adorando este jogo! Meu irmão, o Kaito (responsável pela minha conversão) tá lançando uma série de vídeos sobre este jogo, e já lançou o segundo capítulo:




 Deixando esse mundo devastado de lado, hoje decidi dar a devida atenção para as animações da Dc. Graças ao Raphael, que baixou as animações, e me passou metade delas (ô cara imprestável), eu finalmente comecei a vê-las. E nada melhor que começar com Batman: Ano um.





Lançado em 2011, tem seu roteiro baseado na hq do mesmo nome, que conta o começo da atuação, não só do morcego, mas também do Gordon, que acabou de ser transferido para Gothan. A cidade está tomada pelo crime e corrupção, algo que já estamos acostumados a ver nessa cidade maluca.
 Gordon é dublado por Bryan Cranston, o moderfucker Heisenberg, e só isso já vale o filme! O Gordon porradeiro mostra aos criminosos que o Batman não é o único a ser temido!

 Não li a hq (sim, eu tenho muitas dívidas com a sociedade nerd), mas esse longa ficou muito bom! E dá pra ver de onde o Nolan tirou suas referências
para fazer o Batman Begins. É legal ver um Batman amador tomando porrada...




 Mas então, Bruce passou doze anos fora, e retorna a Gothan sem nenhuma idéia de como irá fazer a
diferença. A morte de seus pais ainda o assombra, e tudo que ele quer é melhorar a sua cidade natal. É claro que vemos os pais dele serem mortos mais uma vez (é tipo o tio Ben, deve ter cansado de tomar tiro).




A principio, ele apenas se maquia(kkkkkkkkkk, ele é a noite,afinal), mudando um pouco de sua fisionomia, enquanto anda pelas ruas, fazendo reconhecimento.  Acaba entrando na porrada com Selina, toma facada, tiro, e acaba sendo preso...

 E quanto a Gordon, os demais peixes grandes da polícia de Gothan começam a se sentir
incomodados com sua honestidade. E qual a melhor forma de quebrá-lo? Ameaçar sua esposa grávida, é claro!

 O filme tem boas cenas de lutas, se desenvolve rápido, sem perder tempo com nada massante, e quando nos damos conta, a pancadaria com o Batman já tá correndo solta! As cenas de terror psicológico que o herói causa são muito phodas!

 Sem dúvidas, em questão de animações, a Dc está na frente. Bom, deixe-me ir, que agora tenho que ver O filho do Batman, até a próxima!



Punhos épicos

 Meu anime favorito, não há nada tão épico quanto Hajime no Ippo. Narutards, lavem suas bocas imundas antes de falar que Naruto é o melhor anime de todos. Porradaria franca, personagens bem construídos, e momentos que fazem o sangue ferver e o coração vibrar (é isso que as coisas épicas fazem!).

 "Mas é um anime de boxe, deve ser uma merda", não, não é só um anime de boxe. De tão phoda que esse anime é, que ele deu origem a um dos maiores fansubs da atualidade, o Punhc. Pelos deuses, deixe esse preconceito juvenil, e vá assistir, para seu próprio bem, esse anime fantástico.





 Eu prometi mudanças e novidades, não só a vocês leitores, mas como aos meus funcionários. Tenham calma, elas irão vir, lenta e vagarosamente, e antes que um cometa se choque com nosso mundo, elas já terão acontecido.

 O nobre Ishida abriu um blog novo, o JumpMania, vão lá dar uma conferida! É isso, até a próxima!

Novo membro na área

 Fala galera! Na verdade, o título é mentira!! Não sou membro novo, na verdade, sou Tyrion, quase não tenho posts por aqui (Jyuuken me contratou como publicitário, posso fazer nada), e o blog tá se reestruturando de dentro pra fora, é claro que na lenta velocidade que costumamos agir por aqui... enfim, alguns membros decidiram trocar de avatar e nickname, e já que ninguém oficializou ainda, eu começo.
 A partir de agora, sou Pi, e meu avatar é o homem de ferro!!























 E pra comemorar, um mmv de vingadores:





 É isso ai... o Jyuuken mandou falar para visitarem o IcoOcioso, tá meio abandonado, mas logo volta... até mais!

Um tutorial para a todos ensinar

 Galera, uma nova fase do Cronicaex está começando, e com grande estilo. Apresento-lhes um tutorial feito por minha pessoa, sim, sou eu, Jyuuken, falando no video abaixo!!
 Esse pequeno e humilde tutorial tem como objetivo ajudar blogueiros novos, na milenar arte de postar.




 Toda minha pequena sabedoria está aqui compartilhada com vocês... e antes que eu me esqueça, é Camponês... como eu sou burro... enfim, aguardem por novidades!

The Last of Us Remastered - Detonado parte: 1 - Prólogo

 Yo nerds! O Jyuuken anda calado até no nosso grupo secreto do whatsapp, então quase ninguém deve tá sabendo, mas nós compramos um play 4!!! E isso só custou a alma e um dos rins dele! \o/ Comecei jogando um dos grandes clássicos da geração passada, The Last of Us Remastered!
 E o play 4 faz captura de vídeo, adivinhem o que eu vou fazer com isso? Algo que nunca foi feito antes, um canal de games!!!!

 Então, aqui está o primeiro capítulo, me deem aquela força básica, e comentem:




 Se inscrevam no meu canal galera!! É isso, até a próxima!!

YAMATO

  Nossa quanto tempo, ainda não sei se me lembro como se digita.  Apenas um atento antes de começar, não sei se é impressão minha, mas o nível de qualidade de postagens em outros blogs andam caindo, ou um vídeo qualquer, ou uma conversa de zap zap criada com uma imagem quase pornográfica no final, ou eu devo estar andando em lugares errados, bom desabafei.
  Mas não estou aqui para desabafar, amo filmes, não sei se sou cinéfilo, pois existem grandes obras do cinema que não vi ainda, vou ver? sinceramente não sei. Mas há filmes que vejo que eu considero bons e as pessoas nem sabem que existem. Também faço isso pra mim, quem sabe daqui a alguns anos eu volte aqui reveja essa postagem e veja o filme de novo, sei que você está se perguntando, que filme é esse?
  Yamato, sim se você assistiu patrulha estelar esse nome é familiar, mas quero falar do verdadeiro  o que inspirou  o navio do desenho, sim jovem, realmente existiu um Yamato, que fazia parte da classe de navios Yamato do Japão imperial durante a 2° Guerra mundial.
   No filme vemos a preparação dos soldados Japoneses, já com a invasão eminente a invasão do Tio Sam, os japoneses tentam segurar o máximo que podem o avanço deles, pois  os ministros e lideres militares japoneses estavam divididos, alguns queriam lutar até a morte outros queriam fazer um acordo com os USA.
  Com sua frota no pacifico quase toda dizimada, principalmente depois da batalha de Midway (se você desconhece, procure, é muito interessante), não resta muito ao Japão a não ser tentar multiplicar ao máximo as baixas dos americanos para desencorajar uma futura invasão, o próximo passo dos aliados é invadir Okinawa e cabe aos jovens japoneses defende-la a todo custo.
  È ai que se inicia o filme, depois dessa aula de história, conhecemos o jovem Kamil com 15 anos, ele cresceu até que feliz, com seus pai, seu irmão, uma prima gostosinha. Mas as dores da guerra chegaram até aquela pequena vila aonde moravam.
  Ele se alista a Marinha imperial do Japão, considero o longa interessante pois vemos um pouco o outro lado da história, vimos que nem todo japonês corre para a morte gritando BANZAAAI!!!, vemos adolescentes com medo da morte, saudades de casa, cheio de duvidas e que tem apenas uns aos outros esperando a morte que está por vir.
  Não sei se tenho Gabarito para falar, mas as atuações são um pouco exageradas, mas aguente essa pica que vai valer a pena, posso garantir.
 

O jogo de celular para todos dominar

 Copiando o título do post do mdm, algo wue me fez levantar de minha gigantesca rede de preguiça e postar. O que? Um trailer. Do que? De um sonho...
 m sonho que a nintendo teve, e que se realmente vier a existir, o mundo se tornará algo mais épico de se viver. O trailer foi tão belo, tão bem feito, que acho que escorreu uma lágrima aqui...



 O Pain tava me contando sobre algo incrível que a Nintendo tinha anunciado, mas eu não imaginei que fosse isso. Cara, imaginem esse jogo. Imaginem se isso der certo... Nintendo, eu acredito que você irá mudar nosso mundo gamer. Nintendo, eu acredito nesse sonho que você está dizendo ser real...
 Eu tenho até 2016 pra arrumar um Android agora...

Heart of fire

 Foi árdua a batalha que acabei de travar contra uma simples casca de pipoca...já estava considerando usar ácido contra meu inimigo, mas felizmente eu sai vitorioso.Mas deixe de besteira, quem aqui nunca jogou castlevânia?  Desde os clássicos do nintendinho, até mesmo ao lords of shadows, esse jogo sempre me cativou por sua temática, ambientação e é claro, suas músicas.
 Castlevânia sempre teve músicas pelas quais eu me apaixono de cara. Uma delas é Heart of fire, que no jogo do nes (que eu jogava em um dynacom), era de uma terrível fase em um calabouço. Nunca consegui passar aquela maldita fase, cujo boss era a própria morte...
 Mas a música dessa fase, meu amigo, era foda! E o canal FamilyJules7X fez uma versão épica com guitarra dela:





 Havia uma fila, e nela estavam dando talento e habilidades. Esse cara ficou nela, Eu achei muito grande... Quem curte os jogos dessa série, eu recomendo o Dawn of Sorrow, pra Ds. O jogo conta a história de Soma Criuz, a reencarnação do Drácula. Devido a acontecimentos do jogo anterior (Aria of Sorrow), Soma abdicou a sua natureza das trevas, porém, um culto pretende fazer cair as sombras sobre nosso mundo, e para isso, Célia, a líder, está disposta a qualquer coisa para despertar o poder obscuro no coração do protagonista.
 A jogabilidade é boa, e o jogo conta com uma variedade de cenários, inimigos, e personagens, bem como itens e armas. Com muito mapa para explorar, e muitos bosses, o jogo é viciante. Na net é facil encontrar uma room traduzida, o que aumenta mais a imerção. Um ótimo jogo, nos moldes dos antigos games de plataforma. E nesse game, no mapa
Condened Tower, outra música épica:





 Um novo castlevania precisa ser feito, por que o último Lords of Shadows, na minha humilde opinião de campônes, deixou a desejar...O jogo não precisa de gráficos mirabolantes, precisa de muitas horas de jogo, muitos mapas e inimigos, e boas músicas... porque afinal, o que seriam dos jogos sem suas respectivas músicas?
 Então é isso, pegue seu chicote, sua cruz e água benta, e vamos banir as sombras deste mundo!! Até a próxima!


Death Parade - o valor de uma vida

    O diretor de Quarteto Fantástico deu uma declaração em seu twitter: "Um ano atrás eu tinha uma versão fantástica disso (filme). E ela teria recebido ótimas críticas. Vocês provavelmente nunca a verão. Essa é a realidade". Então, acho que com isso, bate o martelo, e esse filme é considerado FRACASSO... eu acho que nem vou ir ver mesmo...

 Hoje vamos falar de Death Parade, anime produzido pelo estúdio Madhouse, derivado de um ova que eu falei sobre aqui .É um anime simples, com uma animação e ambientação belíssimas, infelizmente apenas 12 episódios, porém, muito, mas muito bom.




 Sempre que duas pessoas no mundo mortal morrem ao mesmo tempo (isso é dado a entender no
começo, porém eu me questiono se é isso mesmo) ambos são enviados a um dos inúmeros bares misteriosos, onde serão atendido por misteriosos bartenders, que irão julgá-los a partir de um jogo.
 O jogo tem por objetivo, revelar o verdadeiro aspecto dos corações das pessoas, e com base em suas ações durante a partida, decidir se elas irão para a reencarnação ou para o vazio.
 Porém, os jogadores não se lembram de estarem mortos, suas memórias sempre vão retornando conforme o jogo vai passando, e diante de situações extremas, onde ninguém sabe o que acontecerá em caso de derrota, como cada um irá agir?
 Partindo dessa ideia maravilhosa, seguimos Decim, o bartender de Quindecim, que julga as pessoas que lhe são enviadas, auxiliado pela Chiyuki, uma mulher de cabelos pretos cuja história será contada mais detalhadamente no decorrer da série.

 O anime levanta questões sobre o que define um humano, e o que define se ele é realmente
merecedor do destino que lhe será imposto. Seriam os juízes realmente capacitados de julgar as pessoas, uma vez que eles não possuem emoções, e nem mesmo viveram? Estes seres que estão acima de nossa existência, que julga com indiferença, seriam realmente capazes de julgar pessoas das quais eles parecem nem sequer entender as motivações?

 Os jogos utilizados para os julgamentos são um espetáculo a parte. Vão desde dardos a fliperama. Alguns tem um clima de jogos mortais, como os dardos, onde cada parte do tabuleiro onde o dado acerta, provocara uma dor em seu adversário.

 Uma pena o anime ser tão curto, gostaria de saber mais sobre esse universo... Mas é isso, não perca seu temo, e corra para assistir!



Grupo Café com Pão

 Hoje eu fiquei na fila da Americanas por quase meia hora, só pra quando chegar na minha vez, o sistema cair, me deixando com nenhuma outra escolha que não fosse sair de lá com o rabo entre as pernas, sem minha preciosa e extremamente necessária Coca-cola... Mas chega de tristeza, pois este post é um oferecimento de:

                                                        Grupo Café com Pão



 A grandeza do infinito
Move meu moinho de vento
Rodam as catracas da vida
Cura dores e feridas
E removem os maus momentos
A grandeza do infinito
É bela pura e sincera

Como o orvalho da manhã    
É o pecado da maçã 


É fruta madura, amarela
A grandeza do infinito
Tem o sorriso do horizonte
Água direto da fonte
A mais pura donzela
Mas, também pequenices
Cantos tristes, desolados
Gritos, ecos espalhados
Contos de mesmices
É a grandeza do infinito
Imaginando o talvez
Depois que se conta até três
O presente sede sua vez
Vira passado e entra o futuro


....Helder Makenze...



 O meu grande amigo, Helder Makenze, juntamente com sua esposa Adriele Silva, reunidos começaram a iniciativa Café com Pão, um grupo cuja a nobre missão é levar a cultura e as histórias antigas a todos que puderem ser alcançados, com espetáculos cheios de cantoria, contação de história e poesias.
 O grupo, formado por Helder, Adriele e Neto Souza, espalha a alegria por onde passam, compartilhando o que possuem em seus grandes corações, espalhando algo que todos precisamos ter: cultura!

 Mas é claro que o Makenze não teve essa idéia. Ela partiu da Adriele, é claro. Atriz desde os dez anos, ela ganhou vários prêmios: atriz revelação infantil -2005 com a peça "a bruxinha que era boa", melhor atriz coadjuvante adulto - 2010 com a peça "as malditas" e melhor atriz -2013 com a peça "Passaredo", ou seja, está mais do que claro que ela é uma pessoa cheia de talento, dedicação, e um cosmo épico capaz de rasgar os átomos em pro de seu grupo.

 Já o Makenze não tem talento nenhum, é só um imprestável barbudo... piadas a parte, eu sempre o considerei muito, um grande amigo do qual eu me orgulho de ter conhecido, um cara totalmente fora dos padrões, um sonhador girtamundo, que nas mais extremas das situações, nunca fugiu das temíveis

espadas de papel forjadas pelo Japones Musashi. E é  com imenso prazer que venho divulgar a página deles, esse trabalho bacana que estão fazendo, recentemente abriram uma biblioteca repleta de livros infantis, e isso é muito épico! Então apóie essa causa épica, essa jornada da qual este grupo não irá se dar por vencido, não enquanto os quatro ventos não tiverem espalhados suas cantorias!

 Suas apresentações são em Surubin - Pe, mas você pode acompanhar e apoiá-los através da pagina deles: Grupo Café com Pão. Vai lá, de seu curtir, e ajude a divulgar!

"As quatro velas" do poeta Dedé Monteiro la de Tabira..
Posted by Grupo Café com pão on Sexta, 12 de junho de 2015

O fim do Cronicaex!!!

 Venho planejando este post a muito tempo. Muita coisa mudou desde o início deste blog, e depois de muito pensar, decidi que era hora de seguir em frente... então é com muito pesar no coração que eu venho lhes anunciar que o blog Cronicaex....

 Tá chega, é mentira, o blog não vai acabar, muito pelo contrário, hoje venho anunciar a vocês, meus caros e escassos leitores, que este blog não ficará mais abandonado.As coisas andam em uma correria sem freios ladeira abaixo ultimamente, e o pouco tempo livre que tenho, fico todo preguiçoso de escrever, e ultimamente tive um grande bloqueio criativo, e por mais que tentasse, só posts medíocres saíam das pontas do meus dedos.

 Mas isso termina hoje!
 E então, sob este título que eu sempre quis usar venho pedir aos meus parceiros Necrodark/Cemitério de poemas, MangáMania, Anime College, Pra Sempre Saint Seiya e Planeta Chewbacca (embora eu ache que este já não esteja mais entre nós), desculpas por ser um parceiro tão inútil, e como um político, eu irei prometer:

 Estou agora em uma cadeira, em pé com os braços abertos. E prometo que irei me esforçar para manter esse blog ativo.

 Mas leia mais um pouquinho de baboseiras aqui, por favor! Todos os membros ficaram tão inativos que nem nosso grupo no Whatsapp escapou. Não que isso seja novidade, mas acho que vou voltar a pegar no pé deles e ver se consigo algumas participações por aqui. Mas tudo vai ser devagar... tem um banner que já deveria estar pronto, e eu ainda nem consegui jogar Rpg com o Akisame e o Ichigo aqui do blog...
 Aos poucos vamos tirando a poeira da casa, e em breve, vamos trazer conteúdo ao nosso canal, e até quem sabe, tiramos do papel, nosso podcast. Então eu deixo aqui meu pedido de ajuda aos meus servos membros, para uma vez mais, lutarem ao meu lado. Haverá um dia em que este blog será cheio de conteúdo, mas esse dia não será hoje!

 E se nada acontecer, eu venho e apago esse post!

 Deixando a baboseira de lado, e para que você, que corajosamente leu tudo até aqui, vamos falar sobre Deadpool . Acabou de sair o trailer, que eu acho ter sido o mesmo exibido na Comic con, e meus amigos, parece que finalmente entenderam como se faz a parada! Tem sangue, besteira, humor negro, putaria, enfim, tudo que queremos ver em um filme do mercenário tagarela.
 Eu sempre torço o nariz para filmes da Fox sobre super heróis (mentira, comecei com isso desde wolverine origem), ainda não vi os últimos filmes do x-mens, nem mesmo o dias de um futuro esquecido... mas esse eu quero ver!

 Quem não viu o trailer ainda:




 Aquele curta vai ter presença no filme, o que é ótimo. Acho que não tem como isso dar errado. E destaque para o Colossus, o brutamonte de ferro! Cara, que demais! Vai ser um gibi animado nas telonas! Isso só confirma o que já sabemos: 2016 vai ser épico!

 Sem mais delongas que eu tenho que achar o caminho para os reinos de Morpheus, deixo aqui um recado aos meus amigos membros aqui do Cronicaex:

                                                  Cronicaex Assemble!!!!!!




 Ah, sim, sobre o título... queria algo de impacto para marcar meu retorno...

Extinction

 Adoro esse videos que misturam vários filmes e séries, fico imaginando como seria uma história com todos esse elementos:


Powerwolf - Blessed & Possessed

 Ah, mas existem bandas que fazem vibrar o tecido da realidade! Powerwolf sem dúvidas é uma delas. Com seu som cheio de tons sombrios e melódicos, que parecem sair de uma igreja medieval, é uma das minhas bandas preferidas. E eis que eu nem sabia que eles lançaram um cd novo (sim, eu sou desinformado), e senhoras e senhores, que cd magnifico!!!




 Só uma pequena amostra do poder!! Então, não perca mais tempo, baixe aqui o cd novo, e aqui a discografia inteira da banda! As capas da banda são sempre muito phodas, e essa não deixou em nada a desejar. Desperte o cosmo do metal em vocês!!!!

1984 - big brother is watching you

"Guerra é paz
 Liberdade é escravidão
Ignorância é força"



      Em um mundo dividido em três grandes potências, Oceania, Eurásia e Lestásia, a guerra se tornou contínua e interminável, e a liberdade e os sonhos da população servem apenas para alimentar as grandiosas máquinas bélicas.
     E é na Oceania que iremos encontrar Winston, que vive sob o julgo do Partido, a instituição dominante neste super país. E nosso amigo é uma pessoas insatisfeita com o modelo atual de sua vida.


    As pessoas da Oceania vivem alheios as Teletelas, aparelhos obrigatórios em todo lar e estabelecimento, que não pode nunca ser desligado, e que transmite ordens e programas do partido, sem nunca se calar, e ao mesmo tempo, captura e transmite tudo que acontece ao seu redor. Dessa forma, não existe privacidade, mas sim uma vigilância 24 horas por dia.
    A sociedade se dividiu em três classes: Membros internos do partido, membros externos e a massa, chamada de prole.E o grande governador deste país, a figura que ninguém nunca viu, mas cuja existência todos tem absoluta certeza: O Grande Irmão. Com cartazes por todas as partes, ele é admirado por todos os moradores da Oceania.

    E é neste mundo distópico e sem esperanças que Winston irá esboçar seus pensamentos rebeldes, pois sua alma não pode ser subjugada pelo duplipensar, nem nada das tranqueiras ideológicas do partido. Muito pelo contrário, ele anseia pelo modo de vida antigo, antes de toda essa guerra começar, um mundo do qual ele mal se lembra...


 


    1984, escrito por George Orwell, publicado em 1949, é um livro de leitura fácil e envolvente, que nos apresenta a esta terrível realidade acinzentada, onde não é permitido nem sequer pensar contra o partido.
    Gostei bastante do livro, apesar de uma parte meio longa quando o personagem lê um certo livro, eu senti a verdadeira agonia de se viver naquele mundo, onde nada passa desapercebido, onde a comida é racionada o tempo todo, e onde a maldita teletela não se cala nem por um minuto.

 Quatro estrelas. Um ótimo livro.

Vikings!!!!

 Existem séries boas. Existem séries épicas. E existe Vikings, uma série que faz minha alma vibrar toda vez que me lembro de alguma cena dela. Eu já falei sobre ela aqui, mas volto a falar, essa série é espetacular, alucinante do começo ao fim, em suas batalhas atrás de paredes de escudo!
 Você só se torna homem depois de sobreviver a sua primeira parede de escudos, então pegue suas armas, e venha conosco, liderados por Ragnar, vamos matar cristãos, pilhar tesouros, e encontrar Valhala!!!




 A série já tem três temporadas, e a quarta já está confirmada para ano que vem. Não seja teimoso, assista, faça esse favor a si mesmo e assista!

Amv My Apocalipse

 Um amv pra animar o dia.



 Eu não consigo lembrar de onde é essa música... 

Age of ultron is coming

 Falta pouco para finalmente podermos entregar nossas almas em definitivo a Marvel. E como se não bastasse Ultron estra próximo de dar as caras, muitas novidades estão chegando. Primeiro, saiu hoje um pôster que nos deu uma "visão" melhor de um personagem (eee trocadalho)



 Em entrevista, o diretor Joss Whedon revelou em uma entrevista que o filme Vingadores: Era de Ultron não terá uma cena pós-créditos.
 De acordo com Kevin Feige completou que haverá “uma breve sequência de cenas, estilo um epílogo, mas não será uma cena pós-créditos. Queremos que as pessoas saibam disso, para não ficarem ali sentadas 10 minutos, só para no final ficarem com vontade de nos matar”. Ainda assim, por garantia, eu irei esperar os créditos finais passarem...

 E também chegou o dia da estréia da série do Demolidor pela Netlfix. E foi revelado o uniforme vermelho do herói que não tem medo. Até agora, tínhamos visto apenas o uniforme negro inicial do herói.Confira abaixo:






 O que vai começar também é Soul of Gold, o novo anime de3 Cavaleiros do Zodiaco, e pra minha alegria, o anime vai passar no Crunchyroll. Pra quem ainda não sabe, Soul of Gold irá se passar depois da saga de Hades, e trará de volta os cavaleiros de ouro: No Submundo, durante a luta contra Hades, os Cavaleiros de Ouro dão a própria vida para destruir o Muro das Lamentações e, assim,
permitir que Seiya e seus amigos avancem na jornada. No entanto, Aioria e os demais cavaleiros de ouro, que deveriam ter sido aniquilados, acordam em um lugar belo e cheio de luz. Por que eles, que deveriam estar mortos, reviveram? Enquanto esse grande mistério permanece, em um novo encontro Aioria se envolve numa luta e então, quando a onda de Cosmo chega ao seu limite... acontece uma transformação na armadura de Leão!
 E por falar em anime, foi revelado a nova forma saiyajin do Goku... e olha, eu to perdendo minhas esperanças nesse filme... primeiro o Freeza dourado, e agora o Goku de cabelo verde? É sério isso, cada filme vai trazer uma transformação nova onde nada muda, apenas a cor? Porra pessoal, é Dragon Ball, não me decepcionem!!!


E pra fechar com chave de ouro, saiu o trailer da segunda temporada de True Detective, que estréia dia 21 de junho:





 Pra quem não conhece a série ainda, eu falei um pouquinho sobre ela aqui. Na segunda temporada, que não tem ligação com a primeira, Colin Farrell e Vince Vaughn serão os protagonistas. A trama  acompanhará três policiais enquanto eles tentam desvendar um caso de assassinato.
Farrell será Ray Velcoro, um detetive que está dividido entre seus chefes, que comandam uma delegacia corrompida, e um mafioso que o tem nas mãos. Vaughn será Frank Semyon, um homem que teme perder seu império do crime quando a legitimação de seu negócio é afetada pelo assassinato de um sócio.
 É isso pessoal, até a próxima, e THE AGE OF ULTRON IS COMING!!!

Star wars vs Dc Marvel

 Imaginem o confronto épico, com a estrela da morte rumando para um mundo povoado de heróis, um mundo protegido por liga da justiça e vingadores... imaginem a porradaria que iria sair:



Contos macabros de Abu Fobiya

 Eu tenho um certo vício por nerdcast, tenho que admitir. Os dois gorduchos de Curitiba são demais, e seus trabalhos, variados. Um deles, "Branca dos mortos e os sete Zumbis - e outros contos macabros", escrito por Abu Fobiya, livro que ainda não li,mas que teve meu interesse capturado.

 No nerdcast 321 : o universo inominável de H.P. Lovercraft, dois trechos do livro foram lidos por Guilherme Briggs. O que dizer dos contos? Geniais, confiram:

 O fim de quase todas as coisas:




O monstro:





 O que acharam? Briggs tem uma voz marcante, não é mesmo? E vocês imaginavam que se tratava do que se tratava? Kkkkkkkkkkkkkkkkk até a próxima!

Tokyo Ghoul Op 1

 Belíssima abertura do anime Tokyo Ghoul, cuja segunda temporada ainda não assisti. No anime, Ghouls vivem as sombras da sociedade, consumindo carne humana para saciar sua fome voraz, ao passo que são caçados por uma organização governamental, que tem como objetivo, exterminar esses monstros.

 Mas toda história tem dois lados, as vezes, os monstros podem não ser tão culpados assim...


Shield Wall!!!!!!

 Não reclamem meus caros fãs, sou uma pessoa ocupada, e ando ocupado demais para devanear na frente do teclado. Estive todo este tempo saqueando o reino de Wessex, ao lado de Ragnar, Rollo e Floki.

 É claro que estou falando da série Vikings, meus amigos!


 Série majestosa, produzida pelo History, que é viceral em sua batalhas, e envolvente em seu personagens!
 Ragnar (não o fundador deste blog) é um fazendeiro, e é claro, um saqueador e guerreiro nato (afinal, ele é um viking!), que tem por ambição, ou sonho eu diria, explorar o mundo, conhecer novas culturas... e movido por esse desejo, mesmo contra as ordens de seu conde, seu chefe, seu gerente... ele ruma um barco para o oeste, e acaba chegando na Inglaterra!
 Ai senhores, é Shield Wall!!!!!




 As batalhas dessa série são um espetáculo a parte. Ninguém sai limpo de uma batalha, ninguém sai ileso de uma fodendo parede de escudos meus amigos, e é isso que temos na série, o realismo sangrento das batalhas. Ragnar sai sempre banhado de sangue, e com um sorriso psicótico!

 Não sei se a série é historicamente correta, e francamente, caguei pra isso! O que eu sei é que me apeguei aos personagens de uma maneira, muitos foram os momentos em que vibrei com a tensão e as situações. Eu simplesmente me apaixonei pela família do Ragnar, por todos eles, um tipo de apego a personagens que a tempos eu não tinha (acho que depois de um certo casamento vermelho, ficou difícil me apegar a personagens outra vez...)

O tema de abertura também é show:




Ragnar é um visionário. Sempre um passo a frente de seu tempo, seus olhos brilham com o desejo de explorar, de conhecer. Ele tem uma curiosidade sobre o cristianismo, ele busca terras mais férteis de se cultivar, e ninguém é tão feroz e mortal em batalha quanto ele.

 E se tem algum personagem que se destaca, esse alguém chama-se Floki. Imprevisível, maluco, feroz. Que personagem genial e fantástico.

 O que está esperando? Corra, assista, sei da existência de 2 temporadas, e não sei quando sai a terceira, então pegue seu escudo e SHIELD WALL!!!!!!!!!!!!!

Se o post foi ruim, me dê um desconto, estou enferrujado e com sono...

Coisas que acontecem em um churrasco

   Yo!!!Blog anda abandonado, cheio de teias de aranha... cadê o Jyuuken cobrador de posts agora?

 Enfim, assistam o video:

 

Cronicaex 3 Anos!!!!

 Parece que foi ontem que tudo começou... o grande projeto chega aos três anos de existência, e eu agradeço aos membros por me aturarem por tanto tempo!

 E nesse terceiro ano, temos a promessa de que iremos trazer novidades, sabemos que tudo anda meio parado por aqui, mas não nos abandonem, queridos leitores, traremos novidades em breve!

 E como manda a tradição, um amv, uma singela homenagem para marcar nossa estrada, vida longa ao Cronicaex!!!






Os dez de Iga

  O post a seguir está recheado de spoilers do anime Basilisk. Se você não viu minha humilde análise desse anime épico, clique aqui.

 Esta é uma homenagem aos dez ninjas de Iga, valorosos e cheios de poder, que tiveram suas vidas tragicamente interrompidas pelo ódio e pela guerra.


Ogen Iga: A velha líder do clã de Iga, aparentemente não possui nenhuma habilidade especial. No passado, esteve muito perto de se casar com Danjo, o líder de Kouga, e acabar com a rivalidade entre os clãs. Mas o destino não quis assim. Morre lutando contra Danjo, por quem ainda tinha sentimentos tão profundos quanto o abissal ódio entre os clãs.




Chikuma Koshiro: Utiliza duas pequenas foices chamadas de Kama, e possui uma habilidade mortal de criar vácuos de alto poder destrutivo. Possui grandes sentimentos por Oboro,sentimentos estes que
são um tanto incertos. Durante uma luta contra Gennosuke , acaba ficando cego. E em meio a escuridão, tomado por uma impotência, Koshiro entra em depressão.
 Sua luta contra Hyouma é memorável. E acaba sendo enganado e morto pela Kagero.


Akeginu: Percebe-se que, apesar de ser uma fria assassina, que Akeginu se importa muito com seus companheiros. Percebe-se o quão cada morte impacta sobre ela. Sua técnica consiste em fazer seu sangue atravessar seus poros, e formar uma densa névoa vermelha.  Cai pelas mãos de Saemon, enganada e sem esperanças.





Jingoro Amayo: Sua técnica é bem bizarra: ao entrar em contato com o sal, seu corpo se torna uma espécie de gosma, parecido com uma lesma, e diminui de tamanho, o que lhe permite se esconder em frestas com facilidade. Porém, quanto maior a quantidade de sal, mais seu corpos se liquefaz, só
retornando ao normal ao entrar em contato com água doce. Gyobu o atira no mar, que era seu pior medo. Akeginu se desespera por salvá-lo, mas nada pode ser feito: Jingoro se desfez, e se uniu ao mar.


Yashamaru: Pode controlar fios de cabelos de donzelas virgens banhados em um óleo secreto ( sim, isso mesmo), tais fios de cabelo se tornam mais afiados do que qualquer lâmina, e seu alcance de ataque é muito grande. Sua luta contra Kazamachi, que abre o anime, é impecável. Porém, ao ter seu pergaminho roubado por Danjo, fica desesperado por ter falhado em sua missão, o que o torna alvo fácil para Saemon e Gyoubu.


Hotarubi: Uma jovem apaixonada por Yashamaru, que utiliza-se de borboletas para distrair o inimigo, bem como uma cobra venenosa. Seu amor por Yashamaru é imenso, e ela perde o controle fácil, na simples menção de que seu amado não esteja bem. Sendo enganada por Saemon várias vezes, tem uma cena de morte um tanto brutal.



 Azuki Rousai: Um velho muito estranho, com uma cabeça enorme, seu corpo se estica feito elástico. Seu rancor pelos Kougas é imenso, sendo facilmente provocado pelo gordo Jousuke, com quem entra em confronto antes mesmo de toda a guerra começar. Morto pela Okoi.




Mino Nenki: Sua técnica principal é controlar seus pelos e cabelos (que ele possui em abundância) como se fosse braços. É arrogante e prepotente, mata de forma brutal Okoi, mas toda a violência recai
sobre ele quando encontra o cego Hyouma...



Oboro Iga: todo anime tem uma personagem que não faz nada além de chorar... essa é Oboro! Tem a incrível técnica do olhar do desarme, que anula qualquer técnica que seja lançado contra ela, e é apaixonada por Gennosuke. O casal iria por fim ao ódio entre os clãs, mas outra vez o destino não o quis, e a guerra interfere. Preferindo morrer a ter que lutar contra seu amado, se suicida, mas ambos morrem juntos.


Tenzen Yakushiji: Não há ninguém cujo ódio seja mais poderoso do que o de Tenzen. Sua técnica o torna quase imortal, sendo o ninja mais velho (apesar de não parecer). Lidera os dez de Iga, e não tem
misericórdia diante de um inimigo. Aparentemente o espírito de sua mãe (que provavelmente foi morta pelos Kouga) vive em seu corpo, e cura todas a feridas que ele recebe.



 De começo, os Iga parecem ser mais perversos. Mas tem um episódio que conta histórias de antes da guerra começar, é nesse episódio que você percebe que, tanto Kouga quanto Iga, eram boas pessoas. A guerra os forçou a cometer atrocidades. Pelos caprichos de um punhado de nobres, vidas se perderam... e é isso pessoal. Em breve volto com os dez de Kouga!
←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações

Arquivos

Link-me

CronicaEx
Connection -

Parceiros

Popular Posts