Animegraphy 2014

   É isso pessoas... ano tá no final, e antes de pularmos para 2015, vamos relembrar dos animes que tivemos esse ano...



True Detective

  True Detective é uma série da Hbo que conta sobre dois detetives, Rustin Spencer "Rust" Cohle (interpretado por Matthew McConaughey) e Martin Eric "Marty" Hart (interpretado por Woody Harrelson) que são chamados para investigar um estranho caso em Lusiana, onde  uma garota foi encontrada morta, em uma estranha posição, no que pode ter sido um ritual macabro.
 Começam então, investigações para se chegar a um serial killer.




   A série conta com duas linhas do tempo, uma é sobre a investigação, e a outra se passa 17 anos
após a conclusão do caso, quando o assunto é revisto por outros dois detetives, gravando depoimentos de Rust e Marty sobre os acontecimentos do passado.
 O ritmo da série pode ser considerado lento, mas tudo progride muito bem, sem deixar pontas soltas, desenvolvendo personagens e criando seus traumas.
Afinal, existem monstros a solta em nosso mundo, e enquanto eles vão progredindo na investigação, mais evidente isso fica.

  O ponto forte da série é a parceria entre Rust e Marty, o contraste entre suas distintas personalidades.
  Marty é o clássico pai de família, que anda tendo casos extraconjugais, e tem que lidar com a iminente quebra de sua família, seu parceiro maluco, e as loucuras insanas da investigação.Já Rust é
seu oposto direto. Não tem família, e possui uma filosofia de vida considerada por muitos,extrema e destrutiva. Mas são grandes as marcas em sua alma.

Os dois terão que enfrentar suas diferenças, e seus demônios internos, se quiserem chegar no verdadeiro culpado de algo cuja dimensão eles nem sequer imaginam.


"and like a lot of dreams there's a monster at the end of it"







E a partir daqui, spoilers.




O que mais gosto na série é do Rust, o fato dele as vezes ter visões o torna ainda mais interessante.Todo o esforço que ele faz para chegar no laboratório de metafetamina, culminando em toda aquela bagunça no final do quarto episódio, que por sinal é uma das melhores cenas da série.
" E então finalmente chegamos em Reggie Ledoux" , quando os dois finalmente chegam no suposto culpado de tudo, quando Marty encontra as crianças, e num ataque de fúria, acaba por matar Ledoux, pondo tudo a perder, eles simplesmente caíram em uma situação complicada. E a solução que Rust encontra é demais.
E tudo parece solucionado, menos para Rust, que passa os 17 anos buscando pistas, procurando vitimas, revirando casos de desaparecimentos antigos... e acabando por descobrir a terrível vhs...

Cenas fortes como a do VHS, ou da menina no sanatório, juntos com pequenos detalhes que nos são entregue no começo da série, como por exemplo, o brilhante retrato falado do " homem de cara de macarrão", tudo orquestrado e montado, para que cheguemos no grande clímax da série.

E que final!!

Acho que durante toda aquela luta contra Errol, o verdadeiro assassino,eu fiquei sem respirar. É inacreditável tudo que acontece, e o sangue gela a cada segundo que se passa.
Acho que foi um dos raros casos em que torci por um final feliz. E é isso, você se apega aos dois, se importa com eles, e o grande climax é tão intenso, eu achei que morreriam os dois.

 O dialogo final é belo. Um jeito muito fantástico de encerrar a série.

True detective é uma série sem igual. Se não viu ainda, vá ver. E eu não me julgo capaz de fazer uma analise a altura de todos os significados escondidos nos episódios, por isso lhes deixo uma ótima análise que achei na net: clique aqui.

 É isso pessoal, e até a próxima.



Ultima Omega

 Já devo ter escutado essa música umas 500 vezes... muito épica! Animem o domingo de vocês, deem play, e soltem a imaginação. Visualizem um exército, um dragão, um ser de pura magia, um conflito que estremece as finas cortinas da realidade. Imagine o fogo consumindo tudo, e um poderoso e imponente herói se erguendo.




 Em breve, um novo projeto noCronicaex...

Hidromel, música e uma boa briga! #2

Eae pessoas que acompanham o blog, tudo bem com vocês? Após um sumiço repentino de fim de semestre, estou aqui de volta para lhes trazer mais um post sobre musicas épicas, mais precisamente uma música de de taverna, daquelas que empolgam, nos animam para iniciar uma grande aventura, ou nos relaxam depois de uma longa jornada nas estradas e nos ermos, sentando na cadeira mais próxima e enchendo a cara de hidromel até cair ou literalmente apagar depois de levar um soco bem dado no nariz em uma briga amigável com aquele outro guerreiro que estava sentado do outro lado enchendo a cara.

Sintam a energia!



E até a próxima pessoal! o/

Terminator Genesys

 Eu ando meio atrasado, confesso. Tem saído muito trailer que não tenho visto... mas o trailer do novo Exterminador do Futuro está animal!!! Quem viu vê de novo, quem não viu, não perca tempo lendo esse texto, play:


Dragon Ball Z - Revival of F

 Puta que paril, meu coração!!! Saiu o trailer do novo longa do Dragon Ball, e  puta que paril, que foda!!!! Freeza volta, mais forte do que nunca, para se vingar dos sayajins!!!!!!!!!!!!

 Uma história totalmente inédita, que promete até o mestre kame soltando um Kame Hame Há, e a mais espetacular transformação de Freeza.... chega de palavras, se impressionem com o trailer:


Sharknado! Tubarões assassinos voadores explosivos e comedores de gente viva!!!!!

Meus caros amigos, o Cronicaex anda em um pequeno e humilde hiato criativo, mas não se preocupem, cedo ou tarde voltaremos com post... Mas deixando nossa colossal preguiça de lado, venho lhes trazer uma dica quente!!
 Sharknado meus amigos, uma grandiosa e colossal produção do Syfy, cuja pretensão e o propósito fogem de minha compreensão.
  Se você ainda não conhece ( e tem certeza de que quer conhecer), Sharknado é uma das piores produções já feita pelo homem, com um orçamento de dez dólares, o filme conta a história de um grupo de sobreviventes em meio a um desastre muito louco: Tornados cheios de tubarões...

 Não, tu não leu errado...




 Furacões tem o poder de pegar a vida marítima e a arremessar a quilômetro de distância. Sim ,eu sei que furacão e tornado não é a mesma coisa, assim como tromba d'água, mas acho que a turma do filme não sabia... e creio que tubarões voando, seja por tornado ou furacão, não tem como estar certo!

 O filme tem efeitos que beiram o ridículo, e cenas tão mal montadas, mas tão porcaria... é céu nublado, ensolarado na mesma a cena, rua seca em meio a uma enchente, e é claro, tubarão por todo maldito lado...

 O filme é uma merda. Mas então, por que eu estou lhes indicando? Por causa desses caras:



 Papricast é um podcast pelo qual eu me tornei fã de carteirinha assinada. Marton Santos, Leonardo Santos, Jaison Mafra e Elton Bandeira falam, de maneira muito descontraída, sobre cinema, com episódios temáticos saindo as quartas, e notícias comentadas nas sextas. Os caras sabem o que fazem.
 E tiveram a idéia genial de gravarem um programa enquanto assistem filmes ruins. O Faixa Comentada.

Papricast faixa comentada 01. Ouça simultaneamente com o filme, e a experiência irá valer a pena. Marton e Leo sofrem ao nosso lado, e comentam cada pataquada do filme, com ótimas piadas, o que acaba transformando a agressão desse filme em muitas risadas.
 Sharknado pode ser encontrado no Netflix (que não os patrocina), e é claro, em toda a net. Já a obrigatória faixa comentada, você encontra aqui:http://www.papricast.com.br/2013/12/papricast-faixa-comentada-01-sharknado/

 E atenção! Não assista o filme sem a faixa comentada. Pois isso pode causar danos irreversíveis.

 É isso meus caros, até a próxima, sabe lá quando será. E se o céu escurecer, cuidado com os tubarões!




←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações

Link-me

CronicaEx
Connection -

Parceiros

Popular Posts