Mais síndrome da oitava série!

 Existe uma síndrome, conhecida como "síndrome da oitava série", comum entre os jovens cursando a oitava série. Ela causa um distúrbio de personalidade, o que cria jovens que acreditam já serem adultos, ou que acreditam serem magos, e coisa do tipo. Em geral, ela passa com o decorrer do ano. Mas em casos extremos, ela continua presente na vida do jovem...


Yuuta e sua turma estão de volta para mais uma temporada, garantias de muita risada. Embora essa seja uma temporada mais "melada ainda" que a outra (sério, esse não é meu tipo favorito de anime), o nível é mantido, sendo muito divertido ver a adição de mais uma "maluquinha", a Sophia, garota mágica demôniaca caçadora de anjos... uma antiga parceira do Mestre das chamas negras...

 O passado veio perseguí-lo... ele mal sabe como lidar com sua namorada, o que dizer com uma ex em cena? A trama enfoca um pouco também na busca de Dekomori pela verdadeira Verão Florestal, nos episódios mais cômicos sem duvida ( A Dekomori me faz rir só com o jeito que ela fala, com os "deko", e "death" em suas frases)


 Um bom anime que já chegou ao fim, duas temporadas de 12 episódios, um dos que mais gostei dessa temporada de janeiro. Então, se quiser conferir, tá aqui o link: 1 temporada2 temporada


Sim, as vezes eu assisto coisas mais felizes... Chunnibyou é um anime que merece atenção, principalmente dos amantes da comédia... então, exploda a realidade e faça um comentário!! Eu sou Jyuuken, e ainda estou com sono!!

Nós não morremos... seguimos em frente!

 "Talvez a tenha visto. Talvez em um sonho. Uma terra escura e esquecida.Um lugar onde as almas podem curar sua mente doente.A Muito tempo numa terra distante, ao norte, um grande rei construiu um grande reino. Eu acredito que o chamaram de ... Drangleic!"




 Um reino glorioso. Guiado por um homem destemido e cheio de poder. Drangleic era regida e iluminada
por Vendrick, o homem que foi capaz de guiar seu exército e derrotar a invasão dos terríveis gigantes. Mas, por mais poderoso que fosse este reino, houve um inimigo que ele não pode suportar.
 A maldição do Undead. Uma marca que surge, e uma praga que se espalha, consumindo as lembranças, os valores, os sentimentos, os sonhos... a alma... até que nada reste, nada além de uma casca vazia, uma besta irracional com fome de almas.
 E contra isso, não há nada a ser feito.

 Assim como no seu antecessor, Dark Souls II não nos dá muitas pistas sobre a história. Não nos dá muitas pistas sobre nada na verdade. A maldição devastou o reino, e se alastrou por boa parte do mundo. Sendo assim, muitos guerreiros de outras áreas vieram a Drangleic, pois se espalhou o boato de que ali havia a cura para a maldição.

" Você é um Undead... Para sempre, sem esperança... Para sempre, sem luz!"

 Drangleic vencera os gigantes, mas nada pode fazer contra a maldição. O irmão do rei enlouqueceu tentando descobrir uma cura, conduzindo experimentos terríveis.Vendrick se isola, se tranca, na esperança de escapar. Mas um a um, todos os grandiosos heróis de outrora vão sucumbindo, se tornando apenas uma sombra do que um dia foram.
 E neste cenário sem esperança, você surge, trazendo a promessa de uma profecia. Você deve buscar por almas, grandes almas, e buscar pelo rei, essa é a única maneira. Você deve se tornar o novo soberano destas terras. E assim, dar início a um novo ciclo.

 Os gráficos estão melhorados, apresentando desde mapas escuros e cavernosos, até praias ensolaradas e castelos em ruínas. A jogabilidade está mais fluída, tornando o jogo mais divertido e emocionante. A impressão que ficou é de que está mais fácil que o primeiro, mas não se engane, isso não quer dizer que o jogo é fácil.
 Acho que os pontos para subir de nível estão mais baratos inicialmente, e a quantidade de almas dropada pelos inimigos é maior, permitindo uma subida inicial mais fácil. Não é mais possível subir de nível nas fogueiras, ao invés disso, você tem que recorrer a uma npc, aquela ruiva do trailer. É com ela que se sobe os níveis.
 É possível se teleportar por todas as bonfires, algo que facilita muito a locomoção pelo mapa, e os inimigos não tem um respaw infinito.Após uma certa quantidade de vezes que você os mata, eles desaparecem.

 Ai você pensa:"putz, está muito fácil!"... mas existe um choque.

 " Você é um Undead... Para sempre, sem esperança... Para sempre, sem luz!"

 Você está amaldiçoado. Toda vez que você morre, você volta mais fraco. Como assim? Toda vez que você morre, uma taxa do seu hp é diminuída, até que você fique com menos da metade da barra. Isso só pode ser revertido tornando-se humano novamente. Isso já torna tudo arriscado. Se você impacar em um boss, a cada derrota sofrida ficará mais complicado vencê-lo.
 Os eastus que enchiam sua vida no jogo anterior não estão presentes no início. E pouco depois, você ganha apenas um.
 Não se engane, Dark Souls 2 é um desafio, um ótimo e épico desafio.


 Um reino desolado. Um herói amaldiçoado. Você é a única esperança de salvação. Mas o que fazer, se você nem ao menos acredita que poderá chegar tão longe.

" Nós somos Undeads, nós não morremos... seguimos em frente..."





 Sim meus caros! Eu fechei este game épico!! Consumiu 50 horas de my life, e eu não conseguia pensar em nada mais além de jogá-lo. Por sorte ainda estou vagabundo (ou por azar...) o que me deu bastante tempo para jogar. Essa semana em especial eu não pensei em mais nada. Eu sou Jyuuken, e dei final nos dois Dark Souls!!

Egoismo do dia a dia

  Yo! Video da Parafernalha:

 

Game of Thrones: Devil Inside

 Saiu mais um trailer de Game of Thrones!! Esse tá igual os demais, espetacular!! Confiram:







 É, eu já não aguento mais esperar pela chegada de abril. Esse trailer tá demais. Ver a Víbora dando piruetas ao redor do Montanha, o Ransey cheio de cicatrizes me deixou surpreso! Vai ser fantástico! Eu sou Jyuuken, e the night is dark and full of terrors!!

Marie Rose – Dead or Alive 5 Ultimate

 Marie Rose é uma personagem exclusiva de Dead or Alive 5 Ultimate da versão para Arcade no Japão.

 A  garota Sueca de 18 anos, com longos cabelos loiros e aparencia infântil, aparenta ser muito ágil com seus golpes. Por ser pequena, tem grande vantagem contra personagens grandes e mais lentos como Bass e Bayman.

A DLC com a nova personagem estará disponível para PlayStation 3 e Xbox 360 a partir de 25 de março. O valor ainda não foi especificado.

Mais do que os olhos podem ver

 Existe um rio que flui abaixo de nossos pés, um rio de cor esverdeada, invisível para a grande maioria das pessoas. O Rio da Vida corre por todo nosso mundo, espalhando sua energia, e tornando o mundo um lugar fértil.


Mas este rio também marca a fronteira, entre nosso mundo, e o mundo espiritual. Por isso pessoas normais não podem ir até ele. Mas, perto desse rio, se dá origem as mais espetaculares criaturas que habitam nosso mundo: os Mushis.
 Eles não estão entre os vivos. Mas também não entre mortos. Os Mushis são a forma de vida mais pura e onírica que nosso mundo veio a conceber. Cada um deles tem diferentes formas, diferentes tamanhos. Alguns podem conviver pacificamente com os humanos. Ao passo que outros acabam prejudicando as pessoas ao seu redor. Mas não porque querem. É apenas a natureza, e seu ciclo.

 As pessoas não podem ver um Mushi. E tais seres geralmente estão por trás de doenças raras, ou fenômenos peculiares. Como por exemplo, um Mushi que se alimenta de som, e se aloja no ouvido interno de uma pessoa, provocando surdez. Ou um que se alimenta do desejo de se aquecer de uma pessoa, e se esconde no fogo.
 A maioria das pessoas que acaba sentindo os efeitos negativos da presença de um Mushi, geralmente nem se dá conta disso. É por isso que existem os Mushishis. Aqueles que podem ver estes fantásticos seres. Ginko é um deles. Sua aparência diferente e suas vestimentas peculiares lhe dão destaque em um Japão no período feudal. Ginko dedica sua vida a estudar os Mushis, e ajudar as pessoas que encontram problemas no convívio secreto com estas criaturas.
 Andando pelo mundo, sem nunca demorar muito em um só lugar, Ginko descobre a maior diversidade de Mushis, bem como as mais fantásticas pessoas, com suas dolorosas histórias. O que tem de mais valoroso nesse mundo? A vida. E pela vida, ele se esforça, se dedica ao máximo, para ajudar o maior número de pessoas. Mas acima de tudo, ele busca preencher o vazio de sua alma.

 Mushishi é um anime diferente, que venho trazer a vocês como dica. Um anime que transmite uma sensação única de paz. De fascínio. Como a vida pode ser incrível. Não espere combates alucinantes, nem tramas profundamente emaranhadas. Espere apenas por histórias curiosas, sobre estes seres fantásticos chamados de Mushis. Como daquele que tem a forma de um
arco-íris, ou aquele que é capaz de atravessar as dimensões de nosso mundo.
 Um ótimo anime, que você pode conferir aqui:http://www.anbient.net/tv/mushishi

 Assista, se interesse, fique fascinado e preparado, pois em abril tem a 2° temporada!!




Cansado de apanhar no Dark Souls 2 (como já era de se esperar) resolvi terminar de ver esse anime, o que acalmou meus nervos. Mushishi é um anime único, e sua atmosfera é sem igual. Agora antes de ir assistir, deixe um comentário. Aqui quem vos fala é Jyuuken, o imperador da preguiça!

Sob a estrela da morte

  Em meio aos escombros da cidade onde costumava ser seu lar, e em meio as almas que costumavam ser sua família, foi dessa forma que fora encontrado um garoto. Um simples garoto que pra viver, havia se juntado a um bando de ladrões que assaltavam viajantes indefesos. Tomado pelo sentimento de inferioridade e de impotência, este garoto nutria um ódio, não só aos espectros que haviam destruído sua vida. Mas
também a entidade morte.
 Odiava a morte, pois diante dela, a vida humana de nada valia. "Todos somos lixo", vidas frágeis ao vento, que nada podem fazer quanto ao seu destino, que é ser consumado, cedo ou tarde.

 Mas esse garoto foi encontrado por um grande homem. Um homem que mudaria seu rumo. Um homem que, através do esforço e da dedicação, faria o nome Manigold entrar para história. Antigo cavaleiro de Câncer, Sage não teve dúvidas quanto ao potencial de Manigold, visto que o garoto, mesmo tão jovem, já era capaz de ver os espíritos que dançavam em sua volta. Levou-o ao Santuário, onde o treinou.

 E o garoto se tornou homem. Não um homem comum. Não, mas um dos doze Cavaleiros de Ouro, tidos como os mais poderosos dentre os cavaleiros de Athena: Manigold de Câncer. Apesar de não ser um exemplo de boa conduta, Manigold tem traços fortes, é arrogante e cruel com seus inimigos, mas daria sua vida para proteger seus companheiros.
 E é justamente por isso que, sem pensar duas vezes, ele entra em confronto com um deus. Mas não um deus qualquer.

 Sua vida inteira fora para esse momento. Era esse deus que ele desejava enfrentar. Aquele que despreza os humanos, que os trata feito lixo. Thanatos, o deus da morte!
 Sim, ele era inferior ao deus. Não, ele não tinha chances. Mas mesmo assim, não recuou. Nunca recuaria. Estava ali, e morreria ali. Mas não sem antes acertar o maldito deus a quem odiara desde criança. Sim, sua vida se resumia naquela luta.

 Mas foi com bravura que encarou tudo isso. Ao lado de seu mestre. É ali que fica claro o relacionamento que existe entre os dois. Ambos trajaram a armadura de ouro de câncer. Ambos firam todos seus companheiros morrerem diante de si. Ambos estavam ali, com apenas uma intensão: Acabar de uma fez por todas com o reinado de terro daquele deus mesquinho.

 Mas a diferença de poderes é enorme. Mas eles sabiam. Manigold encara com um sorriso o fato de já não
haver volta. E mesmo quando perde uma perna, ainda não se entrega. E é ele, o primeiro a acertar o deus. Com o próprio punho.

 Qual é o tamanho de sua determinação? Ele que viveu sua vida intensamente, que foi salvo por seu mestre de se afundar numa espiral de dor e desespero, deixou bem claro, para que todos os deuses pudessem compreender, que até mesmo eles não eram invencíveis. Seu sacrifício ecoou pelos quatro cantos do universo. Caia ali, junto ao deus da morte, dois homens grandiosos. Sage e Manigold, nascidos sobre a estrela da morte, cavaleiros que tiveram estradas manchadas de sangue, mas que nem mesmo um deus pode subjulgar!






 E então galera? O que acharam do post? Na minha humilde opinião, ficou épico! O título ficou bem parecido com um outro post feito recentemente, mas dá nada não. Essa semana eu comecei a jogar Dark Souls 2, e o jogo tá fantástico!! Bom, não deixe de visitar o Icoocioso, nem de conferir os demais posts aqui do blog! Ah, é claro, um comentário faz tudo valer a pena. Eu sou Jyuuken, e vou zera Dark Souls 2!

Abril, vem logo Abril!!

 Que crime! Saiu um terceiro trailer de Game of Thrones, e eu nem tinha visto! Meu Deus, Bravos, Dragões, Bravos!!! O trailer tá fantástico!!



Motorhead - Stay clean

 É o rock que ecoa pela madrugada!!!!!!

)

No Ritmo

 No Ritmo (Shake it Up) é uma comédia que apresenta as melhores amigas Cece Jones (Bella Thorne) e Raquel “Rocky” Blue (Zendaya), em busca do sonho de se tornarem dançarinas profissionais. Esse sonho está próximo de se tornar realidade quando seu amigo Deuce, lhes trás um anúncio de seleção de dançarinos para o programa No Ritmo de Chicago.

 As garotas apresentam várias coreografias e se envolvem e diversas confusões nos bastidores, especialmente com seus rivais Gunther e Tinka.


 A música de abertura é cantata por Selena Gomez.

 Essa é mais uma série Disney Channel.

 Está preparado para dançar?

SAINT SEIYA!!!!!!!!!!!!!

Eu to muito animado com esse filme. Aquele trailer épico! O design! Ta tudo muito louco:











  E pra completar, alguém foi lá e fez uma montagem com as vozes dubladas, e olha que show:





"Sentirá os efeitos de sua tolice!"                                           
                                      Valter Borges dos Santos

Anthrax - Be All, End All

 Vamos vibrar, Wake up, time to live your dreams!!! Big Four, live in Sofia, Anthrax!!!


Saint Seiya trailer 2

 Ééééééééépiccoooooooo!!! Sem palavras para descrever o quanto esse trailer do filme em cg dos cavaleiros do zodíaco está maravilhoso!!



Sob a estrela da desonra

  Sua habilidade havia se tornado notória durante o confronto contra a Irmandade da Mata do Rei. Até ali, ele era apenas um escudeiro, com apenas quinze anos. Foi ali, nomeado pela própria Espada da Manhã, Sor Arthur Dayne, ergueu-se como cavaleiro. Foi ali que ficou claro que Jaime Lannister seria um homem de
grandes feitos.
 Levado pelo amor descontrolado pela sua irmã, acabou por se tornar um membro da Guarda Real, desistindo de toda sua herança, de todo o seu futuro, em nome da sua paixão proibida. Viu todas as loucuras Aerys, se calando perante todas as pessoas que eram queimadas vivas, todas as insanidades que o rei cometia. Seu dever era proteger o rei. Seu dever era guardar os segredos do rei.
 Mas veio a guerra. A rebelião de Robert, que a cada batalha, ganhava mais aliados. E diante da derrota iminente, o rei planejava incendiar Porto Real por completo. Jaime era o ultimo membro da guarda real que ainda acompanhava o rei. Quando a capital caiu, Aerys deu sua ordem: que Jaime trouxesse a cabeça de seu pai.

 Diante de tais questões, como reagir? Obedecer o rei, matar seu próprio pai, e permitir que a cidade inteira fosse queimada?

 Ele escolheu outro caminho. E ai nasceu o Regicida. O seu ato foi heroico, ele matou o piromante que recebera a ordem de incendiar a cidade. E depois, pôs fim as loucuras de Aerys."Queimem tudo!" Mas a ele, não houve homenagem. Não houve canções. Apenas a eterna desconfiança, um homem desonrado que matou o rei que jurara proteger.

 Mas ele nunca revelou nenhum dos segredos do rei. Nunca contou a ninguém sobre o plano do rei louco. Abraço a desonra, e se tornou o Regicida. Um cavaleiro brilhante, sim, sem sombras de dúvida, alguém muito habilidoso, mas odiado por todos, zombado por todos.

 Essa é uma pequena parte da história de Jaime Lannister, o Jovem Leão, o Regicida, a Mão Dourada.




The winter is coming....Valar Morghulis...

Russos...o que esperar deles?

Com todo esse rebuliço e essa tensão que está ocorrendo entre Rússia e Ucrânia, não da pra saber se vai ter logo um conflito ou vão ficar no mimimi politico e não vai dar em nada...Então ficamos aqui na expectativa né, bem que podia surgir uma guerrinha aí pra dar uma animada nos ânimos do nosso planeta né (vish, olha a maldade rsrsrs...). Mas vai saber né, esse povo russo, difícil saber o que esperar deles, já que é lá com eles que acontecem as coisas mais estranhas e cabulosas.

Pra descontrair um pouco fica um vídeo sobre as bizarrices que se pode encontrar num dia a dia da Rússia:




E mais um bônus pra fechar o post de hoje, caso algo de errado e a coisa fique complicada, finja ser russo!!! É isso e até a próxima pessoal!!!





You Keep Finding Something to Fight For - GMV

 Eu tenho várias coleções de amvs e gmvs aqui... e esse é um dos mais épicos:


←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações

Arquivos

Link-me

CronicaEx
Connection -

Parceiros

Popular Posts