Animegraphy 2014

   É isso pessoas... ano tá no final, e antes de pularmos para 2015, vamos relembrar dos animes que tivemos esse ano...



True Detective

  True Detective é uma série da Hbo que conta sobre dois detetives, Rustin Spencer "Rust" Cohle (interpretado por Matthew McConaughey) e Martin Eric "Marty" Hart (interpretado por Woody Harrelson) que são chamados para investigar um estranho caso em Lusiana, onde  uma garota foi encontrada morta, em uma estranha posição, no que pode ter sido um ritual macabro.
 Começam então, investigações para se chegar a um serial killer.




   A série conta com duas linhas do tempo, uma é sobre a investigação, e a outra se passa 17 anos
após a conclusão do caso, quando o assunto é revisto por outros dois detetives, gravando depoimentos de Rust e Marty sobre os acontecimentos do passado.
 O ritmo da série pode ser considerado lento, mas tudo progride muito bem, sem deixar pontas soltas, desenvolvendo personagens e criando seus traumas.
Afinal, existem monstros a solta em nosso mundo, e enquanto eles vão progredindo na investigação, mais evidente isso fica.

  O ponto forte da série é a parceria entre Rust e Marty, o contraste entre suas distintas personalidades.
  Marty é o clássico pai de família, que anda tendo casos extraconjugais, e tem que lidar com a iminente quebra de sua família, seu parceiro maluco, e as loucuras insanas da investigação.Já Rust é
seu oposto direto. Não tem família, e possui uma filosofia de vida considerada por muitos,extrema e destrutiva. Mas são grandes as marcas em sua alma.

Os dois terão que enfrentar suas diferenças, e seus demônios internos, se quiserem chegar no verdadeiro culpado de algo cuja dimensão eles nem sequer imaginam.


"and like a lot of dreams there's a monster at the end of it"







E a partir daqui, spoilers.




O que mais gosto na série é do Rust, o fato dele as vezes ter visões o torna ainda mais interessante.Todo o esforço que ele faz para chegar no laboratório de metafetamina, culminando em toda aquela bagunça no final do quarto episódio, que por sinal é uma das melhores cenas da série.
" E então finalmente chegamos em Reggie Ledoux" , quando os dois finalmente chegam no suposto culpado de tudo, quando Marty encontra as crianças, e num ataque de fúria, acaba por matar Ledoux, pondo tudo a perder, eles simplesmente caíram em uma situação complicada. E a solução que Rust encontra é demais.
E tudo parece solucionado, menos para Rust, que passa os 17 anos buscando pistas, procurando vitimas, revirando casos de desaparecimentos antigos... e acabando por descobrir a terrível vhs...

Cenas fortes como a do VHS, ou da menina no sanatório, juntos com pequenos detalhes que nos são entregue no começo da série, como por exemplo, o brilhante retrato falado do " homem de cara de macarrão", tudo orquestrado e montado, para que cheguemos no grande clímax da série.

E que final!!

Acho que durante toda aquela luta contra Errol, o verdadeiro assassino,eu fiquei sem respirar. É inacreditável tudo que acontece, e o sangue gela a cada segundo que se passa.
Acho que foi um dos raros casos em que torci por um final feliz. E é isso, você se apega aos dois, se importa com eles, e o grande climax é tão intenso, eu achei que morreriam os dois.

 O dialogo final é belo. Um jeito muito fantástico de encerrar a série.

True detective é uma série sem igual. Se não viu ainda, vá ver. E eu não me julgo capaz de fazer uma analise a altura de todos os significados escondidos nos episódios, por isso lhes deixo uma ótima análise que achei na net: clique aqui.

 É isso pessoal, e até a próxima.



Ultima Omega

 Já devo ter escutado essa música umas 500 vezes... muito épica! Animem o domingo de vocês, deem play, e soltem a imaginação. Visualizem um exército, um dragão, um ser de pura magia, um conflito que estremece as finas cortinas da realidade. Imagine o fogo consumindo tudo, e um poderoso e imponente herói se erguendo.




 Em breve, um novo projeto noCronicaex...

Hidromel, música e uma boa briga! #2

Eae pessoas que acompanham o blog, tudo bem com vocês? Após um sumiço repentino de fim de semestre, estou aqui de volta para lhes trazer mais um post sobre musicas épicas, mais precisamente uma música de de taverna, daquelas que empolgam, nos animam para iniciar uma grande aventura, ou nos relaxam depois de uma longa jornada nas estradas e nos ermos, sentando na cadeira mais próxima e enchendo a cara de hidromel até cair ou literalmente apagar depois de levar um soco bem dado no nariz em uma briga amigável com aquele outro guerreiro que estava sentado do outro lado enchendo a cara.

Sintam a energia!



E até a próxima pessoal! o/

Terminator Genesys

 Eu ando meio atrasado, confesso. Tem saído muito trailer que não tenho visto... mas o trailer do novo Exterminador do Futuro está animal!!! Quem viu vê de novo, quem não viu, não perca tempo lendo esse texto, play:


Dragon Ball Z - Revival of F

 Puta que paril, meu coração!!! Saiu o trailer do novo longa do Dragon Ball, e  puta que paril, que foda!!!! Freeza volta, mais forte do que nunca, para se vingar dos sayajins!!!!!!!!!!!!

 Uma história totalmente inédita, que promete até o mestre kame soltando um Kame Hame Há, e a mais espetacular transformação de Freeza.... chega de palavras, se impressionem com o trailer:


Sharknado! Tubarões assassinos voadores explosivos e comedores de gente viva!!!!!

Meus caros amigos, o Cronicaex anda em um pequeno e humilde hiato criativo, mas não se preocupem, cedo ou tarde voltaremos com post... Mas deixando nossa colossal preguiça de lado, venho lhes trazer uma dica quente!!
 Sharknado meus amigos, uma grandiosa e colossal produção do Syfy, cuja pretensão e o propósito fogem de minha compreensão.
  Se você ainda não conhece ( e tem certeza de que quer conhecer), Sharknado é uma das piores produções já feita pelo homem, com um orçamento de dez dólares, o filme conta a história de um grupo de sobreviventes em meio a um desastre muito louco: Tornados cheios de tubarões...

 Não, tu não leu errado...




 Furacões tem o poder de pegar a vida marítima e a arremessar a quilômetro de distância. Sim ,eu sei que furacão e tornado não é a mesma coisa, assim como tromba d'água, mas acho que a turma do filme não sabia... e creio que tubarões voando, seja por tornado ou furacão, não tem como estar certo!

 O filme tem efeitos que beiram o ridículo, e cenas tão mal montadas, mas tão porcaria... é céu nublado, ensolarado na mesma a cena, rua seca em meio a uma enchente, e é claro, tubarão por todo maldito lado...

 O filme é uma merda. Mas então, por que eu estou lhes indicando? Por causa desses caras:



 Papricast é um podcast pelo qual eu me tornei fã de carteirinha assinada. Marton Santos, Leonardo Santos, Jaison Mafra e Elton Bandeira falam, de maneira muito descontraída, sobre cinema, com episódios temáticos saindo as quartas, e notícias comentadas nas sextas. Os caras sabem o que fazem.
 E tiveram a idéia genial de gravarem um programa enquanto assistem filmes ruins. O Faixa Comentada.

Papricast faixa comentada 01. Ouça simultaneamente com o filme, e a experiência irá valer a pena. Marton e Leo sofrem ao nosso lado, e comentam cada pataquada do filme, com ótimas piadas, o que acaba transformando a agressão desse filme em muitas risadas.
 Sharknado pode ser encontrado no Netflix (que não os patrocina), e é claro, em toda a net. Já a obrigatória faixa comentada, você encontra aqui:http://www.papricast.com.br/2013/12/papricast-faixa-comentada-01-sharknado/

 E atenção! Não assista o filme sem a faixa comentada. Pois isso pode causar danos irreversíveis.

 É isso meus caros, até a próxima, sabe lá quando será. E se o céu escurecer, cuidado com os tubarões!




Blind Guardian - Sacred World

 Tem certas músicas, que de tão épicas que são, reverberam no véu entre as dimensões, e o faz estremecer! Sinta o poder nesta voz, sinta o poder de Sacred Worlds:






 Uma das minhas músicas favoritas... fica o link pra acompanhar, letra ou tradução:http://letras.mus.br/blind-guardian/1729587/traducao.html

War it's now or never

We shall stand together

One by one

This world is sacred

Halcyon & On & On

Olá caros amigos!!! Mais uma vez aqui é o Akisame que vos fala, e novamente lhes trazendo um post de musicas épicas; mas hoje com uma pegada um pouquinho diferente e peculiar.
A música que estará a seguir, faz parte da trilha sonora do primeiro filme de Mortal Kombat, o que na minha opinião foi a melhor adaptação do game para o cinema, mesmo sendo um filme "antigo", não deixa nada a desejar e quem é fã de um bom filme de lutas e artes marciais, ou até mesmo fã da série Mortal Kombat, deve assistir. Um ótimo filme mesmo, tenho até hoje minha fita cassete do mesmo guardada aqui em casa, das incontáveis vezes que o assisti.

Divagações do filme a parte, algo que num futuro pode render um post sobre ele ( ou não rsrs), quem assistiu o filme vai saber de qual momento é essa musica, lá no finalzinho mesmo onde nosso auda herói Liu Kang derrota Shang Tsung.

Sinceramente, ao ouvir essa musica novamente, me veio imagens do filme a mente (que assisti dezenas de vezes, devo até ter algumas falar gravadas na memória ^^), sinto uma certa paz de espírito e uma certa nostalgia de quando era pequeno, de coisas que eu fazia, situações, diversas lembranças, todas muito boas e inesquecíveis. E mesmo sendo uma pessoa jovem ainda, paro e penso nesse tempo todo que já passei e nas coisas que vivi e não tem como ficar com aquele pensamento na mente de "cara, como o tempo passa! parece que foi ontem a primeira vez que vi isso..."

E é nesse clima agradável que se encerra mais uma noite de sábado e dá inicio a mais um domingo.

Aproveitem a música e até a próxima!

Ambition

 “Qual é a chave da vida na Terra?”

 É com essas palavras que o personagem de Aiden Gillen, o Mindinho de Game of Thrones, questiona sua aprendiz nesse fantástico curta científico feito pelo diretor Tomek Baginksi em parceria com a Agência Espacial Européia (ESA), para divulgar a Missão Rosetta, onde a Sonda Espacial de mesmo nome tornou-se a primeira sonda da história a entrar em órbita de um cometa (67P/Churyumov-Gerasimenko), possibilitando um estudo nunca antes tão detalhado sobre esse tipo de astro.
 No curta-metragem, Aiden é um poderoso mago que auxilia sua jovem aprendiz na tarefa de criar um Sistema Solar, e a ensina sobre os princípios básicos da vida e sobre a ambição do ser humano sobre o espaço.




Fantástico!

Versão Estendida Vingadores Era de Ultron Trailer Teaser

   Yo! A versão estendida do  trailer dos Vingadores Era de Ultron :

Marvel - Fase 3

 Foi anunciado, em um evento da Marvel, os filmes que irão compor a fase três da Marvel nos cinemas, e eu estou muito empolgado com tudo isso.



   6 de maio meus caros! Não dá pra saber o que virá de Civil War, já que aparentemente irá acontecer apenas neste filme. Já temos confirmados o capitão (é claro), e o Homem de Ferro. Ouvi dizer que o Pantera Negra vai ser ativo. Nada sobre Homem Aranha por enquanto, kkkkkkkkk...
















 Não vai ser filme de origem...e ainda não foi confirmado que o doutor será Benedict Cumberbatch...

















 Tai um filme que não precisa nem de trailer para me conquistar...
















 E ai? Ragnarok? O Loki fingindo ser Odin? Krai, o bicho vai pegar!!!!!

















 Não conheço muito o personagem, mas o visual tá irado:








 E aqui, o evento máximo da casa das idéias!!! Infinity Warm dividido em duas partes...




 Marvel is Coming!

Kakuseisha

 Vamos até as terras sombrias e repletas de demômios do anime e mangá Claymore! Para os que não conhecem, este é um anime que tem uma temática já um tanto clichê: é uma organização que caça demônios, aqui chamados de Youmas. Mas esta organização usa guerreiras bem peculiares: as Claymores são hibrídos de humanos com os próprios Youmas, o que as tornam temidas aonde quer que elas estejam.

 Por terem em seus corpos, o poder macabro dos Youmas, ela são muito mais fortes do que pessoas comuns, mas  existe uma certa escala de poder que elas possam usar, e as consequências que estes trarão.
 O poder amaldiçoado, chamado de Youki, é perigosos, e se liberado:


  •  Em 10% os olhos da Claymore mudará de cor;
  •  Em 30%, o rosto fica disforme;
  •  Em 50%, o corpo sofre alterações, tomando formas de Youma;
  •  Em 70%, a mente começa a ficar insana;
  •  Em 80% é o limite de onde as Claymores conseguem voltar ao normal.

 Aquelas que passam de 80% na liberação do Youki, perdem a sanidade, e se tornam algo pior que os Youmas: Uma Kakuseisha!

 Kakuseisha significa ser despertado. Os Kakuseisha são inteligentes, ao contrario dos Youmas, e possuem poderes descomunais, além de um forte e voraz apetite por vísceras humanas. E com os incríveis traços de Norhiro Yagi, temos os mais titânicos monstros, em combates ferozes. 


 
 A organização divide suas guerreiras de acordo com sua força, e dá a cada uma um número. E quanto menor for o número, maior o poder. Sendo assim, a n°1 será sempre a mais forte. Sempre com um poder imensamente maior que a das demais. Mas até mesmo elas estão sujeitas a uma perda de controle, e um despertar.

 Dai nascem seres ainda mais fortes, chamados Abissais. Existem apenas três:

Riful:

 Em toda a história, foi a mais jovem a se tornar a n°1, mas também a mais jovem a despertar. É sadica, cruel, e vive nas terras do oeste, com um desperto homem, chamado Dauf. Captura e tortura outras Claymores, para que  despertem, e formem seu próprio exército. Reina sobre o Oeste.


Easley:

  Dos tempos em que a organização ainda usava homens como Claymores, surgiu este majestoso ser ai do lado. Frio e meticuloso,  Easley tem pouca participação no anime, nem chegando a mostrar sua verdadeira forma. O que não é o caso do mangá. Repare que ele tem um imenso arco em seu braço... Seu poder destrutivo é imenso.
 Conquistador, ele começa a invadir as terras dos outros Abissais, começando uma "guerra".
Reina sobre o Norte.

Luciela:



Não me lembro muito dessa. Nem achei uma imagem dela desperta... foi fruto de um experimento da organização que deu errado: Eram duas irmãs, Luciela e Raphaela. Enquanto Luciela despertava, Raphalea controlava sua mente, impedindo assim, que ela se tornasse um Kakuseisha sem retorno. Mas Raphaela perde o controle, e sua irmã se torna o Abissal que reina sobre o Sul.




 E então? Curioso sobre tudo isso? Então não perca tempo, e vá correndo ler Claymore, um mangá violento, sombrio, e com uma história amarrada, junto com sequências impressionantes... imperdível!

Essência da vida!

Olá, caros amigos amantes de uma boa musica! Hoje venho lhes trazer mais uma, com o titulo e melodia bem peculiares, que rendem boas e até longas reflexões.

Muitos vivem em busca de grandes impérios, poder, ser superior a tudo e a todos, enquanto outros buscam uma vida de simplicidade, onde cada passo é dado de cada vez, sentindo o valor e "essência", das pequenas coisas, em seu viver, em seu agir.

Qual é a essência de sua vida?


Age of Ultron - 1° Trailer

 Finalmente!! Temos um trailer que vazou do Segundo filme dos Vingadores... nada mais deve ser dito.

Zankyou no Terror

 O que há por trás desta dupla que posta vídeos no youtube, com máscaras, e com uma charada, anunciam a existência de uma bomba em algum lugar da cidade? Os Sphinx chamaram a atenção da polícia, que irão por todas as suas forças para localizá-los.
 Zankyou no Terror é da temporada passada, e concluiu com apenas onze episódios. Conta a história de dois garotos, Nine e Twelve, que planejam e executam os desafios a polícia japonesa através dos vídeos dos Sphinx.


 O anime tem aquele clima de Death Note que é muito bom, a polícia tentando correr atrás de bombas ocultas em charadas, a história vai se aprofundando enquanto revela, aos poucos, o conturbado passado dos dois.
 E tem muita coisa oculta ai.
 Em paralelo as bombas, o detetive Shibazaki, que carrega consigo um relógio parado, um relógio que parou de funcionar na exata hora em que Hiroshima via a bomba atômica, Shibazaki tenta encontrar alguma pista sobre os Sphinx, o que acaba o levando a uma verdade terrível.

 Apesar de ter poucos capítulos, vale sim a pena, um anime inteligente, com personagens interessantes, e com uma história bem fluída, e é claro, com um final surpreendente, chegando a ser poético.
 E é claro, tudo muda quando um certo "cinco" aparecer na história...

Prince of Thorns

 O personagem principal é sempre virtuoso, cheio de compaixão e misericórdia, uma pessoa que acredita na justiça e é movido pela força do amor... certo? Errado! Prince of Thorns, primeiro livro da trilogia dos espinhos, escrito por Mark Lawrence, quebra esta tradição, e nos apresenta algo muito diferente.



Tem início a Trilogia dos Espinhos: Ainda criança, o príncipe Honório Jorg Ancrath testemunhou o brutal assassinato da Rainha mãe e de o seu irmão caçula, William. Jorg não conseguiu defender sua família, nem tampouco fugir do horror. Jogado à sorte num arbusto de roseira-brava, ele permaneceu imobilizado pelos espinhos que rasgavam profundamente sua pele, e sua alma. O príncipe dos espinhos se vê, então, obrigado a amadurecer para saciar o seu desejo de vingança e poder. Vagando pelas estradas do Império Destruído, Jorg Ancrath lidera uma irmandade de assassinos, e sua única intenção é vencer o jogo. O jogo que os espinhos lhe ensinaram.

 Logo de cara, nos deparamos com a insanidade que é a mente de Jorg. O livro é em primeira pessoa, o que nos faz embarcar e imergir nas loucuras dele. Como dito na sinopse, Jorg viu sua mãe  seu irmão serem brutalmente assassinados na sua frente, enquanto ele assistia tudo, aprisionado por espinhos. Mas ele nunca mais foi o mesmo depois disso. Ainda criança, se junta a um bando de criminosos que encontrara nos calabousos de seu pai, e após os ajudar a fugirem, passam a vagar
pelas estradas do reino, cometendo os maiores tipos de atrocidades.
 O livro tem um tom sombrio, mostrando a decadência de um reino dividido, e que vive sobre os restos de uma civilização superior, que desapareceu: os construtores. Não há muita explicação sobre eles ainda, mas o que pode-se dizer é que, provavelmente, eram um povo que misturava magia e tecnologia... isso sou eu dizendo...
 Mas uma coisa é certa: ninguém está seguro neste livro. Qualquer um pode morrer, a qualquer momento! Por isso, sempre que um combate começa, prenda a respiração, e prepare-se para tripas voando!

 O livro é muito bom, em especial pelo Jorg. O personagem principal é genial, seus pensamentos são
repletos de malicia e segundas intenções, e nem mesmo quando ele se encontra com uma princesa, seu sadismo desaparece.
 A história vai de aldeias queimadas, pântanos assombrados, cavernas de necromantes, e até torneios em uma corte cheia de nobres. E uma rápida passagem por algo que julguei ser tecnológico...
 A trupe que o segue também é genial. Rike, um brutamontes que pensa apenas em fazer um bom saque, o Nubano, um gigante de pele escura que tem uma mira infalível, o velho Elban, que por falta de alguns dentes, chama seu líder de Chorg... enfim, temos personagens bem peculiares, bem únicos eu diria, que faz você querer acompanhá-los, ver onde irão chegar.

 E é claro, Jorg irá te deixar surpreso. Mas tudo que eu digo, é que existem forças maiores puxando fios, e todos são marionetas, peões em um grande tabuleiro de xadrez, na qual Jorg ainda está tentando entender quais são as regras.

Hidromel, musica e uma boa briga!

Olá caros amigos, mais uma vez aqui lhes trazendo musicas épicas para alegrar seus corações que as vezes necessitam de alegria, inspiração e motivação!

Sério, não tem como não ouvir essa musica, e se imaginar em uma taverna contando e comemorando sua ultima aventura com os companheiros, tentando seduzir a garçonete mesmo estando com aquele bafo de orc que ninguém aguenta, ou até mesmo uma boa briga com outro bebum que lhe olhou torto, ou até mesmo aquela velha disputa de queda de braço, tudo regrado a uma boa caneca de hidromel que enquanto estiver na taverna, não deve permanecer vazia!

Curtam, bebam, e briguem! Mas se alguém quebrar  as cadeiras vai arcar  com o prejuízo! rsrs

Enjoy the music guys e até o próximo post!


Pegadinha traindo o namorado

    Yo!!! Essa é uma das melhores pegadinhas que já vi :

       

Contra Alien Wars - Battle of the Blazing Sky

 Momento nostalgia, um dos jogos mais difíceis de todas as eras, Contra Alien Wars, fase 4, a fase mais cabulosa, a fase das motos!!! A música, o cenário, os inimigos, e uma caralhada de mísseis!!!



 


 Eu tenho a impressão de que o sol, nos últimos dias tem olhado para nós, e dito: "I am fire, I am...Death!"

Ao amanhecer do quinto dia, olhe para o leste

 Preciso mesmo dizer algo sobre essa cena? O povo de Rohan encurralado e sem esperança, no coração da montanha em Helm's Deep, seu rei já não tem esperanças... as forças falham...o que pode fazer um homem diante de tamanha violência?
 Uma última cavalgada, rumo a ruína, rumo a morte... que soem as trombetas, tão alto quanto uma vida possa gritar! E o desespero de uma batalha perdida sucumbe  diante de um grito: Rohirrim! To The King!!!!!
 E ai o sangue congela. Vidas ressoam junto com o retumbante som dos cascos que estremecem a colina, com uma trilha sonora épica, luz e trevas se chocam, e o destino de uma guerra muda:




 Apenas o áudio dessa cena já me empolga! Isso é belíssimo!

Celtic Music - Part of the Pack

Como prometido, venho lhes trazer mais uma musica épica para curtirem e encerrar a noite!

Não tem como não sentir  a energia que essa musica passa!

Espero que curtam!!!


Homenagem ao dia dos professores!

Olá caros amigos! Como vai a vida de vocês? A minha até que vai mais ou menos, tirando esse calor infernal que faz aqui nessa Terra. Mas divagações a parte, venho aqui através deste post, deixar a minha singela homenagem aos companheiros de profissão que hoje possuem seu dia, os professores! (sim eu sou professor também, e isso não me impede de gostar de jogos, animes, boa musica entre outros assuntos do mundo geek/nerd/otaku com a mesma paixão que dou minhas aulas!)

Hoje no dia 15 de outubro é comemorado o dia do professor, embora muitos tenham esse dia para descansarem e curtirem as homenagens de seus alunos queridos, hoje eu trabalhei normalmente com o mesmo afinco e dever de todos os dias, o dever de trazer conhecimento as pessoas, lhe possibilitar uma visão diferente de vida, promover-lhes a qualidade de vida e a quebrar a cara de algum metido a besta que tente atentar contra a vida alheia (kkkkkkk).

Mas refletindo sobre a palavra professor, para muitos, inclusive eu, as primeiras imagens e pensamentos que me vieram a cabeça foram:


Sim, eu lembrei daquele professor mal-encarado que qualquer coisa queria me colocar pra fora da aula,

 

Aquela "Dona" que só faltava tacar o apagador na sua cabeça se você não se comportasse,


Até aqueles que eram um tanto excêntricos (sim, eu tive um professor que gostava de animes, metal pesadão e sentava na roda pra jogar truco com os alunos!) 


Mas não podemos esquecer que não é somente na escola que temos professores, nas academias ou dojos desse mundão afora aí existem e muitos, que aos olhos de muitos são vistos como torturadores ou carrascos:




Que muitas vezes parecem nos ensinar coisas sem sentido:


"Daniel-San encerra carro e Daniel-san aprenderá karatê"


 "Para cima, para baixo, para cima, pra baixo..."

"Bota casaco, tira casaco..."



Embora, muitas vezes parece inútil, o que aprendemos com mestres e professores, eles insistem, perseveram com seus alunos, e por muitas vezes nos ensinando por mensagens filosóficas e enigmáticas, jamais desistem e acreditam no potencial de seus alunos e respeitam o valor que cada um possui, que cada ser possui. Tais ensinamentos são esses que com o passar do tempo, refletirão em nossas vidas, não apenas o que foi ensinado, mas acredito que de certa forma, todo mestre ou professor, digo os verdadeiros, não aqueles que não se importam e qualquer coisa está bom, como existem em muitos professores e mestres que simplesmente encostaram e pararam no tempo, não dando a minima, fazendo o menor esforço, não cumprindo o seu chamado, o seu dever. Os verdadeiros, eles sim, farão com que seus ensinamentos estejam ao nosso para o resto da vida, e sua conduta também refletirá, como exemplo de coragem, perseverança, conhecimento e sabedoria, serão mais que pessoas que nos ensinaram cálculos, formulas, regras semânticas, história, geografia, biologia entre outros conteúdos, e até mesmo alem de lutar, ensinar o que há alem da luta, e onde há  verdadeira luta, que em nosso interior. Sendo assim verdadeiros exemplos de caráter e sabedoria que nos marcarão por toda a vida.







Espero que um dia em nossa sociedade, os professores possam ter o devido respeito e colocação, pois é através de nós professores que se tem conhecimento, onde se forma um cidadão para a vida, que alem da família, são os únicos que lhe irão acolher, ensinar, dedicar para formação do nosso caráter, nossa formação para a vida no mundo afora.

Enfim, está é minha pequena e singela homenagem a todos os colegas de profissão, e a todos meus professores e mestres, e até aqueles que em momentos da vida nos ensinam algo; aqui fica o meu sincero obrigado!




E fiquem no aguardo que mais a noite tem mais um post de musicas épicas pra vocês!



Smooth McGroove

 Meus caros, hoje lhes trago um achado em minhas andanças pela internet, o canal de Max Glenson, mais conhecido por Smooth McGroove, que faz vídeos onde ele interpreta musicas icônicas do mundo dos games em canto a capela.

 Musica de jogos como Street Fighter, Zelda, F-zero, Contra entre outros, uma bela homenagem aos games que acompanharam a infância de muitos de nós. Deixo-lhes uma amostra do trabalho da cara, e se você gostar, clique aqui e se inscreva, e confira!




 Cara, demais!

20th Century Boys

 As vezes, lendo algum mangá, eu vejo uma página que tem tanto impacto sobre mim, que o sangue gela, de tão épico que ela é para mim. E como eu tenho um blog, por que não compartilhar tal página? 20th Century Boys, um  mangá de suspense, sobre um grupo de amigos que queriam salvar o mundo quando criança, mas a vida passou, e as crianças seguiram suas vidas, até que uma seita misteriosa surge...

 A cena é quando Kenji, o protagonista, encontra o assassino de um de seus amigos:


 A dica da noite é ler este mangá!

 DONKEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEY!!!!!!!!!!!!!!!!

Zankyou No Terror

 Mais um anime que estou terminando, assim que possível trago minha opinião de nobre camponês.Por hora, a opening:



Turma da Mônica para Grandinhos


 Tudo bom pessoal? prometo que vou tentar manter uma postagem por semana aqui, não é uma promessa, você deve acreditar no que falei? não, mas vamos em frente.
  Há algumas semanas, reatei uma paixão que estava escondida bem lá no fundo, a paixão por gibis (não, não é história em quadrinhos ou mangá), isso mesmo o gibi, aquele que você pedia para seu pai comprar por R$1,99 na banca de jornal quando você ia com ele na feira de domingo comer aquele pastel, quem nunca deixou aquelas visitas chatas de lado e se deliciava com as aventuras do Astronauta, dos planos não tão elaborados do Cebolinha,das aventuras do Chico-Bento.
   Acho que 90% de nozes (sim escrevi errado de propósito), se não aprendeu a ler, teve algum inicio de aprendizado com os gibis da Turma da Mônica, mesmo quando não sabíamos ler e ficamos ali lendo apenas as figuras,mas como é natural da vida, as pessoas conhecem outras coisas e aquelas histórias infantis, não são mais atrativas e não tem o peso que muitas vezes procuramos em uma obra, pois aquilo é destinado a crianças.
  Em 2009 começaram a sair as MSP,  1° foi a MSP 50, depois veio a MSP + 50 ( que eram encadernados de histórias curtas feitas por outros artistas, cada um com um tipo de traço e história), a MSP Ouro da casa ( onde os próprios artistas da Mauricio de Sousa produções também criaram suas histórias com os personagens da turma).
   No final de 2012 dando aquele famoso pé na porta (olha aqui quem chegou porra!!!) a graphic novel, Astronauta Magnetar, (eu já li umas 2  vezes essa  bagaça), dando um tapa na nossa cara, sabe aquela historinha daquele astronauta gordinho e fofinho? alcançou novos patamares, você é jogado junto com nosso astronauta no espaço pra presenciar wiki (Considera-se o magnetar um tipo especial de estrela de nêutrons (EN). As ENs são esferas compactas de cerca de 15 Km de diâmetro, correspondendo ao núcleo do que resta do colapso de uma estrela com cerca de dez vezes a massa do sol.), já imaginou assistir de camarote algo assim? mas astronauta sempre querendo ir mais longe foi até ela.
  Temos passagens de tempo espetaculares nos quadros, e como sempre várias referencias de filmes, como O naufrago, mas como toda boa história, recebemos algum tipo de lição, não vou citar qual , vou deixar como curiosidade, se procura algo pra ler cito apenas duas palavras Astronauta Magnetar.
 

Para aquele a quem amo: prepare-se para morrer

 Na grande era dos xoguns no Japão, época de ninjas e samurais, de heróis e vilões, de guerras e grandes tragédias, dois clãs ninjas se destacavam por suas habilidades mortais: o clão Iga, do vilarejo de Tsubagakure, e o clã Kouga, do vale de Majidani.

 O grande xogun Tokugawa chega a um impasse quanto a qual de seus filhos deveria ser seu herdeiro, e governar o Japão no futuro. E é assim que ele propões uma guerra ninja, onde cada clã seria o representante de um de seus dois filhos. O clã ninja vencedor decidiria seu sucessor.

 Iga e Kouga possuiam uma longa história de ódio e sangue, mas estavam no momento, em um acordo de paz forçado. Porém o acordo é desfeito. Cada clã deve escolher dez de seus melhores ninjas, para lutarem até a morte. Assim, vinte ninjas, e uma guerra mortal estava começando.

 O anime é exelente. Ótimos combates, otimas técnicas ninja, e os personagens são muito bem trabalhados, cada um com sua personalidade. E aqui, nesta guerra ninja, a informação é crucial. Uma simples pista sobre a habilidade de um ninja, pode ser fatal.
O personagem principal, Gennosuke Kouga, estava prometido em casamento a Oboro Iga, antes da guerra começar. Ele acreditava que os Iga e os Kouga poderiam ser amigos, só precisavam se aproximar um do outro. Todos eles eram guerreiros, buscando um lugar ao sol.
 Eu me apeguei muito aos personagens. E o anime é mais realista, chegando a ser cruel em muitas partes. E cada morte que ocorreu, me fazia lamentar (olha que eu não sou de lamentar por personagens que morrem), a impressão que eu ficava, era de que pessoas de muito valor, estavam morrendo por tolice.
 Você acaba querendo a paz. E não há ali, bem ou mal. São apenas dois lados, ambos com sonhos, ambições, pessoas a quem amar, proteger. O que faz ser difícil escolher um lado. Difícil não lamentar quando um valente tomba.

 As técnicas ninjas aqui são demais. O Dokugan, o doujutsu de Gennosuke, é impressionante. Esqueça o Sharingan. Este sim é um olhar mortal.E temos o olhar desarmante, de Oboro, capaz de anular qualquer técnica ninja.



 O anime já começa pauleira, com a incrível técnica de Yashamaru, que controla fios de cabelos tão afiados quanto qualquer espada. E o que dizer da dupla de infiltração e destruição, Saemon e  Gyoubu? Saemon pode moldar seu rosto e sua voz, e Gyoubu pode entrar em paredes, são mortais e rápidos no serviço.
 O cego Hyouma guarda um segredo que fará qualquer um perder o fôlego. E seus desfecho é um dos mais honrados que já vi. Koshiro pode criar um vácuo, indefensável.

 Mas é este cara que eu chamo de melhor personagem do anime:



 Yakushiji Tenzen, um homem feroz, e de segredos profundos. Subestime este homem, e você terá uma morte repentina. Um personagem forte, o único que aparenta ser maldade pura, capaz de tudo para atingir seu objetivo.

 E é isso pessoal. Em breve vou postar sobre os dez de cada clã com mais detalhes. Fiquem com a dica, assistem este ótimo anime. Basilisk!!!





←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações

Arquivos

Link-me

CronicaEx
Connection -

Parceiros

Popular Posts