Miku Hatsune Breakdance


                            Quando você acha que já viu de tudo...

Disney compra Lucasfilm





















  Sei que muitos já devem estar sabendo, mas como só pude postar agora, vou falar assim mesmo: A Disney comprou a Lucasfilm. A noticia já gerou um grande alvoroço, muitos com medo de que a Disney venha a "estragar" o Star Wars, mas eu aposto minhas fichas de que não será bem assim. A Disney já comprou a Marvel, e não avacalhou com os super heróis, e eu creio que com os Jedis não será diferente.
  US$ 4 bilhões, foi o valor da negociação, e a noticia veio junto de uma promessa, um Star Wars episódio 7. Só resta esperar...
 O meu maior medo, assim como dos caras do marvel616, é que saia um crossover Vingadores vs Star Wars, com participação especial do Mickey!

Em resposta ao Gilgamesh

 Agora sim Gilgamesh você está melhor. MUTO MELHOR!!!!!!!

Final Fantasy e Panasonic


 A Panasonic em 2004 criou no Japão o celular FOMA P900iV exclusivamente para o lançamento do filme Final Fantasy VII: Advent Children.

 O aparelho é usado por Cloud Strife.

 O modelo em forma de concha com um design dobrável e torça-flip. Disponível nas cores Bronze Orange, Champagne Gold e Black Cloud.



 O modelo vem pré-instalado com adicionais de mídia Final Fantasy, como avatares animados de Cloud, Tifa Lockhart e Gainsborough Aerith. Clipes curtos de Advent Children, que podem ser atribuídos a determinadas chamadas recebidas, dois papéis de parede para a tela  principal e frente (Cloud e Fenrir), dois toques ("Tema Aerith", "Melodia de FFVII: AC") e dois efeitos sonoros ("Fanfare Victory" e Fenrir).

Link essa vai pra você

 Vi essa lá no Like a Nerd :



Pronto, agora não tem problema te confundir com a Zelda!

Unlock the 007

  A coca cola, em uma promoção de divulgação em um simples shopping, da a uma pessoa que compra uma coca zero, um objetivo, chegar em um determinado ponto antes do tempo terminar. Há obstáculos, como também o prêmio: um ticket para o 007:


Iron Man 3

  Finalmente um trailer do Iron man 3, e que trailer! Lançamento mudou para abril de 2013:

 

Lindsey Stirling : porque não é só michael jackson que sabe domar zumbis

  Sério, em tempos como este, temos que aprender tal coisa.

Alguém me explica esse video?



  Vi lá no Sem Radar

Salto do espaço

  Felix Baumgartner saltou da extratosfera! Isso mesmo, um salto da extratosfera!Atingindo uma velocidade de 1,342.8 km/h, em uma queda de 4 minutos e vinte segundos, confiram:


Fantasmas da Segunda Guerra

  Empolgado com o post do canhão Gustav, encontrei este interessante trabalho de Jo Teeuwisse, uma fotografa que criou uma galeria de imagens onde passado e presente se misturam, fotos da segunda guerra sobrepostas a fotos atuais... o resultado:










  Tendo feito muita pesquisa, e tirando fotos no mesmo enquadro das fotos tiradas na época, seu trabalho gerou essa espécie de fantasma da segunda guerra:






































 Vi lá no colunistas.ig.com.b

Gustav

  Créditos deste post ao grande cérebro Guilherme, por ter se dado ao trabalho de encontrar um tema bem diferente pra mim, embora ele tenha lembrado disso lendo o conto que eu escrevi, que não tem canhões(ou seja, você foi longe hein?).Gustav nada mais é do que o maior canhão já feito, e como o Guilherme anda inspirado para idéias, chegando a ser mais útil que alguns membros deste blog (né Okarin?), resolvi fazer um post sobre:


Especificações

Calibre: 800 mm
Peso Total: 1.350 ton.
Peso do Canhão: 400 ton.
Comprimento Total: 42,97 m
Comprimento do Cano: 32,48 m
Elevação: +65 graus
Alcance: 47 Km (granada HE)
Velocidade Inicial: 82 m/seg.
Peso da Granada: 7,1 ton. (anticoncreto) e 4,8 ton. (HE)  
Cadêcia de Disparo: 1 tiro a cada 19-45 min



 
Schwerer Gustav, canhão construído sob ordens de Hitler, foi preciso de 2750 homens para montá-lo, 350 homens para um disparo, e cerca de 3870 homens para seu total funcionamento. Foi usado apenas uma vez , em Sebastopol, onde obviamente, pulverizou todos os seus alvos.

  





Warm Bodies (Sangue Quentes)



 A história se passa num cenário apocalipse zumbi. Ruas desertas, cheias de prédios destruídos, carros enferrujados, vidros quebrados e arranha-céus abandonados.


 R é um zumbi como outro qualquer que só sabe gemer e é movido pelo seu extinto mais básico, o de se alimentar.
 Após comer o cérebro de um sobrevivente, R desenvolve um estranho sentimento e antes que se de conta, salva a namorada de sua ultima vítima das mãos de outros zumbis. Um extinto maior que se alimentar é o de protege-la.
 R leva a garota (Julie) para seu covil, mas ela foge com medo. Desde então, R passa a procura-la e ao mesmo tempo sofre em uma crise existencial.

 Um zumbi ao atacar outro, põe em movimento uma cadeia de eventos que irão transformar tudo que você já viu.

 Como todo filme de zumbi, Warm Bodier (Sangue Quentes) trás muito suspense, terror e morte.

 Lançamento previsto para 01 de fevereiro de 2013.

 Como o trailer oficial ainda não foi divulgado, veja está animação baseada no filme.

Spoleto


Já tentou comer no Spoleto? É uma experiência única.



Off

 Vou ficar sem pc por uns dias, mas logo estarei de volta...


Jojo e Btoom

  Dois animes que me chamaram a atenção, e que parecem ser promissores:

Jojo no Kimyou na Bouken


 O anime conta a história de Jojo, filho único de uma família rica, que ve sua agradável rotina ser totalmente arruinada por Dio, um rapaz que foi apadrinhado pelo seu pai. Dio tem como objetivo destruir Jojo, e roubar seu lugar como herdeiro, e para isso, Dio fará qualquer coisa... O anime é baseado em um dos mangas mais famosos lá no Japão, e a maioria dos otakus diz que será épico. O anime da temporada.
Download


 Btooom



 Sakamoto Ryouta, um desempregado de 22 anos que vive com sua mãe é viciado em um jogo de ação online, Btooom, onde o jogador deve destruir seus inimigos unicamente com bombas. Ryouta é um dos melhores, porém, certo dia, ele acorda dentro do jogo! É ai que ele percebe que o jogo não é tão fácil quando seu pescoço está em risco... Anime bem legal, acho que vai valer a pena conferir.
 Download

Link para prefeito


O rei Antares

  Este post vai para Damião Ferreira, o miiiiiiiitico que anda acompanhando o blog. Um obrigado por acompanhar esta bagaça, e é claro, Damião, comenta ai, falou? Falou mano? Fala falou?
 É isso ai Damião, espero que goste do post, bem como todos os que estiverem lendo, sem mais, vamos ao post:

                                       O rei Antares


   No século XVIII, quando Hades e Atena se enfrentaram, aquele que defendia a casa de escorpião chamava-se Kardia. Seu nome vem do grego se significa "coração" (Damião, sinta-se a vontade para me corrigir se eu estiver errado...), o nome antigo da estrela alfa da constelação de escorpião.
   Kardia é orgulhoso e impaciente, bem como imaturo. Seu motivo de viver é lutar. Encontrar alguém que seja forte, e vence-lo. Kardia tem uma doença em seu coração, o que faz com que sua estimativa de vida não seja animadora. Porém, ao invés de ficar abatido, desanimado, desmotivado( igual o Joseph Klimber) ele segue uma filosofia: Se vou morrer em breve, quero aproveitar cada misero instante vivendo.
 Seu estilo de luta é bem "kamikaze", ele não se importa de apanhar, desde que isso acenda a chama de seu coração, e desperte seu instinto máximo de batalha. Porém, suas agulhas escarlates são rápidas ao ponto de serem imperceptíveis. Pra ele, quanto mais forte for seu adversário, maior será o troféu, e não importa quem seja, é apenas uma presa.
  O arco de Kardia, que não saiu em anime, é um dos melhores. Nele, o cavaleiro de escorpião se depara com Radhamantys, e a luta que acontece é épica. Quanto mais apanha, mais Kardia quer lutar. E diante de um inimigo extremamente forte e violento, Kardia diz que viveu por aquele momento.
  O impaciente Kardia tem uma forte amizade com Dégel de Aquário.




Mulher Fruta Pão - Casos de Família

 Se ela é mulher fruta... Tá estragada.



 Depois de ver todas as mulheres fruta já existentes, incluindo a Mulher Figo e Mulher Jabuticaba, agora eis que surge a Mulher Fruta Pão.


 A Fruta Pão é uma fruta de Pernambuco. Por ser uma fruta salgada, geralmente se come cozida no café da manhã. Ou em qualquer outra refeição que queira.

Aposto que você vai querer

 Chegou lá onde trabalho esta coisa muito loca que eu gostaria de ter:

  Me parece que a moeda esta acompanhando uma versão comemorativa do jogo para 3ds, não sei qual, voltei de férias ontem, nem sei pra que rumo as coisas tão indo por lá mais... mas a moeda é muito legal.

Kardia Gaiden

  O Okarin finalmente foi útil, e comprou o Gaiden do Kardia. Pra quem não sabe, os Gaidens são histórias que contam um pouco do passado de certos personagens, no caso do Lost Canvas, dos doze cavaleiros de ouro.



  Kardia Gaiden vem depois do Albafica Gaiden (esse eu comprei), e o Okarin insistiu em tirar umas fotos e postar aqui... como ele não posta, sobrou pra mim fazer isso.
   O mangá é muito bom. Conta de quando Kardia e Sasha saíram do santuário, e acabaram encontrando com alguns guerreiros devotos a um deus asteca...
 Se vocês se perguntarem: o que diabos são aquelas pulseiras? Okarin disse que é a marca dele...
 Terminando a postagem, deixo uma ordem: Albafica, faça um post assim sobre o Albafica Gaiden...

Tonari no Kaibutsu-kun


  Mais um lançamento, desta vez uma comédia romântica. Certo, não sou muito fã do gênero, então não sei se irei acompanhar a serie, mas enfim, o anime conta a história de Mizutani Shizuku, uma garota centrada nos estudos, que se vê obrigada a ir na casa de um aluno chamado Yoshida, que havia sido suspenso em pleno primeiro dia de aula...

 
 Yoshida é um cara difícil de definir: Hora ele tem explosões de raiva e fúria, e bate em todos que encontrar pela frente, hora ele tem momentos de cuti-cuti, chorando por ter feito uma nova amizade( essa quase matou o anime), hora ele é burro igual uma porta, interrompendo a aula pra dizer ao professor: "como se trata alguém com carinho?", e incrivelmente tem seus momentos de gênio, sendo o aluno com melhores notas...
  Faltou um pouco de sangue, mas mesmo assim, achei o anime um tanto interessante, darei algumas chances a ele... não consigo parar de pensar que o casal deste anime lembra muito o casal Maka e Soul, de soul eater, e que Yoshida lembra muito o Oreki, do Hyouka...
  Download aqui.


Imortais - capitulo 2 - O mercenário

  Bom, segundo capitulo, tive que apagar o outro, e refazer (prometo não fazer mais isso!), mas acho que esse esta realmente melhor.
  Obrigado Guilherme, pela força que você me deu para elaborar um segundo capitulo melhor. Sério, você me deu ótimas idéias. (mas é claro que eu já havia pensado em algo semelhante!)
  Se você perdeu os outros capitulos, clique aqui




Alan


   Ricchard não veio ao Brasil sozinho. Junto consigo vieram alguns “capangas” mal encarados, e na comitiva dele se destacava a sua assessora: uma atraente mulher de uns 26 anos, com longos cabelos negros, pele clara, e um corpo de dar inveja às outras mulheres. Era atraente, e sua expressão era de uma mulher ousada. Aonde Ricchard ia ela o acompanhava.
  Ricchard estava hospedado em um hotel de luxo, em um local nobre de São Paulo. Durante o dia ele mal saia de seu quarto. Porém, a noite era uma criança. Todas as noites ele saia, acompanhada de sua assessora e mais uns três ou quatro de seus “capangas”. Em uma noite havia ido a uma igreja. Na outra, na casa de uma pessoa, que depois eu descobri ser uma mulher chamada Katia, que era servidora pública. Não consegui definir o que o imortal queria com ela. Uma outra noite ele foi até uma praça, em uma região um pouco menos nobre. Haviam vários drogados naquela região, e Ricchard conversou com um punhado deles.
  Então ele foi a uma boate. Eu me aventurei a segui-lo de perto, e pude ver que ele não vinha por causa da festa. Pelo contrário, a festa parecia irritá-lo. Foi até um camarote vip, e ficou lá por um bom tempo. Quando enfim saiu, parecia muito irritado. Continuei a segui-lo, e foi ai que ele acabou reparando em mim. Aproximou-se, gritando: “o que você quer? Por que tá me seguindo?”, nervoso, eu acabei gaguejando algumas coisas, talvez eu tenha dado a entender que eu era algum tipo de paparazzi, e acabei com um belo hematoma no olho direito, proveniente de um potente soco que ele me acertou. Tudo bem, ele se foi, e as coisas ficaram por isso mesmo.
  Havia decidido que sozinho eu não ia conseguir nada. Precisava da ajuda de um profissional. Contatei vários criminosos, e comecei a analisar quem seria o mais indicado para sequestrar um imortal, e fazer isso sem chamar a atenção. Mas como fazer isso, sem dizer nada sobre Andrioss, ou coisa do gênero?
  Havia conseguido o contato com um famoso mercenário estrangeiro. Disseram-me que ele era o melhor quando o assunto era sequestrar, e seu preço nunca era razoável, porém, ele nunca falhava. Marquei um encontro com ele, mas para minha surpresa, ele que escolheu o local. Havia pedido dois dias, pois estava fora do país, e tinha assuntos a resolver.
  O dia marcado chegara, e eu me dirigia ao endereço que o mercenário havia escolhido. Seu nome era Gustav Volkv, e oficialmente essa pessoa não existia. O endereço era de uma casa normal. Havia uma família normal morando nela. O homem da casa era gordo e barbudo, a mulher, só não tinha a barba, e a filha do casal roliço estava no mesmo caminho que os pais. Eles me levaram até o porão, onde havia uma mesa e duas cadeiras a minha espera, e é claro, um mercenário. O porão estava todo empoeirado, mas era bem iluminado. Gustav era loiro, cabelo curto, olhos azuis, magro, usava roupas normais, parecia uma pessoa normal. Não chamava atenção, porém, em seus olhos se via autoconfiança, olhos de alguém que estava sempre no controle.
  — Sente- se — sua voz soava calma e tranquila, mas ao mesmo tempo firme, e falava português fluentemente— devo pedir para que Douglas lhe traga alguma bebida?
— Não, estou bem.
— Certo, então eu vou beber algo. A negociação flui melhor quando se tem algo para molhar a garganta.
  Gustav ordenou em alto e bom tom para que o tal Douglas lhe trouxesse uísque, e não demorou muito para que o homem gordo entrasse pela sala, com uma garrafa e dois copos, que foram depositadas na mesa. O gordo então, se retirou.
— Bem, se mudar de ideia, o copo esta aqui — Ele colocou a bebida no copo e sorveu um pouco — então, em que posso lhe ser útil?
— Quero que sequestre Ricchard Krastan.
 Ele me olhou, parecendo surpreso:
— Calma rapaz, sem pressa... Como disse que se chamava mesmo?
— Alan
— Alan... Você quer um sequestro então? Seria um sequestro seguido de cativeiro ou um sequestro seguido de morte?
— Morte.
— Você já possui meios para se livrar do corpo?
— Já — pretendia cortar o em pedaços, por em uma bolsa e atirar no rio mais fundo, ou convencer aquele Eliezer a leva- lo.
— Bom. Qual seria o local da entrega?
 “Entrega.” Havia alugado um galpão abandonado em um local um tanto isolado. Ao lhe dizer o endereço, Gustav pareceu satisfeito:
— Bom, você já planejou tudo, pelo que vejo... Quem seria o meu alvo mesmo?
— Ricchard Krastan. Conhece?
— Pretende mata-lo você mesmo?
 Por um instante eu hesitei, mas respondi em seguida:
 — Com minhas próprias mãos!
— Talvez você tenha uma surpresa quando tentar!
  Isso me pegou de surpresa. Onde ele queria chegar? Saberia que Ricchard era imortal?
 — Por um acaso — ele começou a falar após engolir mais um pouco da bebida — Já ouviu falar dos Andrioss?
  Ele sabia!!!! Mas mais do que isso, Acreditava!!!!!
  Apenas confirmei com a cabeça.
— Então isso facilita as coisas. Você sabe então que esse Ricchard é um deles, não sabe? — Confirmei novamente, e o mercenário terminou a bebida de seu copo e se serviu de mais — Então deve ter em mente que o serviço que está me requisitando não será barato...
— Diga seu preço.
— Oh, então você está disposto a pagar o que for preciso...  Pergunto-me o que motivaria isso... Vingança? Ou seria o desejo concedido pela morte?
— Você sabe o bastante sobre o assunto, hein?
— Mas é claro. Sabe por que sou melhor que os demais mercenários? Por que eu não ignoro nada, seja um boato ou um fato, qualquer informação, seja de alguém anônimo ou importante, eu assimilo. Informação é poder. Do tipo que derrota alguém antes mesmo de um confronto...
  Estava surpreso. Não esperava que o tal mercenário tivesse a mente tão ampla. É claro que isso só encareceria o preço...
— E então? Qual é o seu preço?
— Já ouviu falar dos Eliezers?
— Já, mas o que isso tem...
— Quero a arma de um deles!
— O quê?!
  Gutav esvaziou seu copo outra vez. Então me olhou, parecendo aborrecido:
— Não me faça repetir. Quer que eu sequestre um imortal, e acha meu preço um absurdo? Ok contrate outro, com termos mais razoáveis, para ser morto pelo Andrioss, e depois Ricchard em pessoa virá atrás de você, e irá mata-lo da forma mais cruel e dolorosa que você sequer imagina! Escolha, esses são meus termos, cabe a você aceita-los.
    Fiquei em silêncio por um tempo. Gustav tinha razão. Qualquer outro que eu contratasse colocaria tudo a perder... Mas como eu iria conseguir a arma de um Eliezer?
— Não posso — respondi finalmente — lhe prometer que conseguiria tal coisa...
— Não pode, realmente. Afinal de contas, a arma não é sua. Mas não precisa me responder agora. Faça o que precisa fazer, e decida-se neste tempo...
  Aquilo encerrava as negociações. Ia me retirar, quando me lembrei de algo importante:
— Eu te encontro aqui de novo?
— Não... Esta casa não poderá ser usada de novo... Te encontrarei quando sair do hospital.
  “O que?!” pensei “Até isso ele sabe?”, era surpreendente o quanto o mercenário sabia. Deixei a casa, com a mente repleta de questões. Era hora de entrar em contato com o Eliezer de novo, e a ideia não me agradava...
  Antes de ir naquele cemitério, busquei por um modo de confirmar que a morte realmente trocaria qualquer coisa por um Andrioss, por isso, busquei por um meio de falar com a morte. E encontrei. Havia algo que nos permitia falar diretamente com a morte (na verdade com um Eliezer), mas era algo arriscado. Quando marquei o encontro no cemitério, acabei passando cinco dias no hospital...
  No caminho para casa, encontrei uma mulher chamada Sara. Ela era líder em uma igreja evangélica local. Era uma mulher de uns 35 anos, uma mulher madura, e atraente, o cabelo dela lhe caia sobre os ombros, andava sempre muito bem arrumada, mas com roupas sempre muito comportadas, como se esperaria de uma mulher de igreja. Ela era amiga de Alessandra, e desde a morte deles, tentou me ajudar a superar esta, como ela havia dito “provação”.
— Alan, seu espirito parece perturbado...
— Estou bem, Sara, de verdade.
— Os anjos falaram comigo Alan — ela era famosa por falar com anjos, algo que antes eu não dava crédito — disseram que você não deveria se voltar para as trevas... Elas não lhe darão nada de bom, a não ser dor...
— Então diga a eles — não estava a fim de ser evangelizado — que se eles querem me dizer algo, que me digam pessoalmente!
    Deixei Sara com seus anjos, e entrei em minha casa. Estava tudo escuro. Limitei-me a repetir o que havia feito antes.
   Enchi minha banheira com água.
   Peguei uma garrafa de vodca.
   Um punhal bem afiado.
   Entrei na banheira...
   E passei a lâmina em meu pulso...

Icooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  Ico, otanjoubi omedetou gozaimasu!!! ( é feliz aniversário...)
  O Ico tá fazendo aniversário hoje, e é claro que o Cronicaex tem que prestar a devida homenagem, a este cara que tanto nos ajudou, que sempre esteve lá por nós...
  Feliz aniversário Ico, e tenta não entra em coma alcoólico, hein?



Clique na foto e visite o Icocioso!!

Shin Sekai Yori

 Começa a nova temporada de animes, e começou bem na minha modesta opinião. Conferi a estréia Shin Sekai Yori, e o anime deixou uma boa primeira impressão. Conta a história de Saki, uma menina que recebe seu espírito adulto, e tem seus poderes telescinéticos despertos. A garota é enviada a uma escola, onde ela terá aulas sobre seus poderes. Parece bem simples, mas não é: nos primeiros dois minutos, teve uma bela dose de sangue e psicose, com trocas rápidas de cena, o que me agradou muito.
 











  O anime se passa em um mundo evoluído, onde aparentemente ter poderes mentais é normal. Saki encontra vários amigos nesta escola, onde juntos eles irão aprender a fazer pilhas de cartas com a mente, ou talvez desenhos, sem usar as mãos... as escola porém, tem seus boatos. Dizem que em um certo pátio são armazenados diversos caixões, destinados aos alunos... e dizem que há um gato que devora crianças...
  A animação está muito bem trabalhada, e eu gostei da qualidade sonora, se tudo continuar assim, teremos um ótimo anime. Vou acompanhar, torcendo para não ser tão decepcionante quanto o Arcana Famiglia... mas essa temporada parece que não será tão bobinha quanto a que passou...

  Ei, assista também, e diga o que achou: http://www.punchsub.com/listar/236/episodios/hd/1

confiram o trailer:


←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações

Arquivos

Link-me

CronicaEx
Connection -

Parceiros

Popular Posts